9 de maio de 2017

Trabalhadores do transporte coletivo de Goiânia aprovam greve para o dia 15


Categoria reinvidica que seus salários sejam reajustados com o dobro da inflação do período e que o índice de reajuste do ticket alimentação seja de 25%

Trabalhadores do transporte coletivo de Goiânia se reuniram em assembleia neste domingo (7) e, após votação, decidiram iniciar uma greve geral no dia 15 de maio. Segundo texto publicado nas redes sociais do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Goiás (Sindittransporte), a decisão foi tomada após o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (SET) se negar a negociar a convenção coletiva deste ano com os empregados.

A categoria reivindica que seus salários sejam reajustados com o dobro da inflação do período e que o índice de reajuste do ticket alimentação seja de 25%, além da manutenção das demais cláusulas sociais da atual Convenção Coletiva, inclusive o anuênio.

Ainda de acordo com o sindicato, as suas reinvidicações já foram apresentadas ao SET em janeiro deste ano, mas, até agora, não receberam retorno. “O Sindittransporte reitera a necessidade de que as empresas apresentem uma proposta aos trabalhadores no decorrer desta semana evitando uma greve que sempre é um dos últimos recursos da classe trabalhadora”, diz o texto.

Fonte: Mais Goiás