31 de outubro de 2016

Marconi vai propor a Iris parceria na Segurança, Saneamento e Mobilidade Urbana


Em bate papo com internautas no Facebook, o governador de Goiás comentou mais detalhes sobre a possivel parceria

O governador Marconi Perillo afirmou, na tarde desta segunda-feira (31), em bate-papo com internautas transmitido pelo Facebook, que vai propor ao prefeito eleito, Iris Rezende, parcerias nas áreas de Segurança Pública, Saneamento Básico e Mobilidade Urbana.

“O prefeito eleito falou muito na eleição de Segurança Pública. Acredito que podemos começar por aí uma parceria boa entre governo e a prefeitura. A prefeitura pode, inclusive, fazer como outras fazem, comprando banco de horas dos policiais. Há uma chance boa de termos uma relação próxima convergente na área da segurança pública”, disse.

Com relação à área de Saneamento Básico, ressaltou que a Câmara acabou de aprovar uma lei concedendo mais tempo de vigência na concessão de água e de esgoto. “Nós temos feito investimentos muito fortes. Só na Região Noroeste de Goiânia nós acabamos de realizar 600 quilômetros de novas redes coletoras de esgoto”, frisou.

Em seguida, disse que o governo estadual e prefeitura podem construir uma grande cooperação na área de Mobilidade Urbana. “Hoje nós temos aqui um sistema de transporte que precisa ser melhorado, a questão da acessibilidade; e também pode haver muita convergência em relação à melhoria viária, trânsito, transportes públicos”, disse.

Questionado se há uma receita para se obter êxito nas eleições, “um pulo do gato”, já que é o único político que se elegeu quatro vezes governador, Marconi afirmou que a receita é o trabalho árduo. “O pulo do gato é algo fácil de descrever, é o trabalho. Trabalhar muito. Trabalhar com seriedade, ser sensato, equilibrado, corajoso em momentos que exigem coragem”, explicou.

Indagado sobre projeto político para 2018, o governador Marconi Perillo disse que ainda não sabe se disputará cargo eletivo, mas que pretende andar o país e auxiliar o PSDB a formular um projeto para o Brasil que o partido acredita. Ele disse que poderá, futuramente, pleitear a presidência do PSDB.

Fonte: O Hoje