2 de outubro de 2016

Lixo eleitoral ainda é desafio na cidade apesar das leis


Neste domingo (2) de eleições a capital não conseguiu se livrar do lixo eleitoral. Por todas as ruas e calçadas próximas a pontos eleitorais os famosos santinhos estão espalhados em diversos locais causando sujeira e transtornos pelas vias da capital.

A legislação eleitoral afirma que a distribuição de santinhos e folhetos de campanha no dia das eleições é crime previsto por lei. A pena para este tipo de ação varia entre seis meses e um ano de reclusão, com multa variando entre RS 5.320,50 a R$ 15.961,50.  

Embora nestas eleições as leis estejam mais rigorosas ainda é possível observar a propagação desenfreada de lixo eleitoral. Para o eleitor José Ronaldo Jr, ainda é preciso punir com maior rigidez este tipo de ação “Ele [lixo eleitoral], só existe porque a punição ainda é fraca, acredito que seja fácil encontrar os responsáveis afinal, são contratados pelo próprio candidato.” Afirma.