15 de outubro de 2016

Aparecida de Goiânia: Construção do Hospital Municipal chega na reta final


Os aparecidenses têm mesmo motivos para acreditar na melhoria da saúde pública de Aparecida de Goiânia. É que a maior obra de saúde do município está quase pronta e será referência no estado de Goiás. Mais de 90% das obras do Hospital Municipal já estão concluídas e a primeira etapa está prevista para dezembro deste ano.

O Hospital Municipal será o maior legado da administração Maguito Vilela para Aparecida. São seis blocos, que incluem pediatria, geriatria, dois para clínica médica e dois para pós-cirurgia. O HMAP terá ainda 220 leitos, sendo 90 leitos clínicos, 60 leitos cirúrgicos, 20 leitos pediátricos, 30 leitos de UTIs, 10 leitos de recuperação anestésica e 10 leitos de reanimação e observação.

Segundo a secretária de Saúde, Vânia Cristina Rodrigues, o Hospital será colocado em funcionamento em três etapas. “Na primeira etapa vamos colocar para funcionar vinte leitos de UTI e um centro cirúrgico. Uma obra tão grande como essa do Hospital requer muito recurso financeiro para compra de equipamentos e por isso não é possível o funcionamento pleno de imediato”, explicou a secretária.

O Hospital está sendo construído na Avenida V-5, áreas 01 a 04, no setor Cidade Vera Cruz 1. A obra está orçada em R$ 63.899.514,13, sendo R$ 60.479.851,92 do Ministério da Saúde e R$ 3.419.662,21 contrapartida da Prefeitura. Serão 17.437,25 mil metros quadrados de área construída.

A unidade também possuirá área de pronto-atendimento; atendimento de urgência e área de apoio terapêutico, ambulatório, apoio diagnóstico, raio-x, eletrocardiografia, ultrassonografia, endoscopia, tomografia computadorizada, laboratório, apoio técnico e administrativo, apoio logístico, farmácia, serviço de nutrição e dietética, lactário, internação geral (adulta e pediátrica), e centro cirúrgico com 10 salas. 

Hospital Municipal terá um bloco para maternidade

Sabendo da demanda do município, a Secretaria de Saúde conseguiu liberação do Ministério da Saúde para que o Hospital Municipal tenha um bloco destinado à maternidade. O projeto está na Vigilância Sanitária do município e será financiado pela Rede Cegonha, do governo federal. O bloco da maternidade será interligado com os outros blocos do Hospital.

Com toda infraestrutura necessária, e oferecendo saúde pública de qualidade, o Hospital promete ser referência na saúde pública. Após a entrega da unidade, a gestão do prefeito Maguito Vilela espera completar a rede de atenção à saúde pública em Aparecida. O HMAP oferecerá à população atendimento de alta complexidade, já que o município ainda depende exclusivamente de prestadores de serviços privados e de unidades públicas de outras cidades, pactuadas com Aparecida.

Fotos: