8 de agosto de 2016

Umidade em Goiás segue em situação de perigo em agosto; veja como prevenir os efeitos



Os goianos têm sofrido com o tempo seco não que não tem dado trégua

Nesta quarta-feira (3), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo potencial  em relação à baixa umidade relativa do ar, que está variando entre 30% e 20%.  De acordo com o Sistema de Meteorologia e Hidrologia de Goiás (Simehgo), na tarde de hoje, a umidade relativa do ar está em 30% e a temperatura é 30°C.

"A situação deve permanecer nesse patamar com as madrugadas mais frias, com mínima de 19ºC e máxima de 35%, durante os dias até o dia 11 de agosto", disse a superintendente do Sistema de Meteorologia e Hidrologia do Estado, Rosedalva Lopes. A superintendente disse ainda que não há previsão de chuva. "Vai ter local em Goiás que a umidade do ar pode chegar a 15%", informou.

Veja alguns cuidados com a saúde durante esse período:

O tempo seco aumenta as crises de asma e e infecções virais e bacterianas, além de favorecer a doenças oculares e alergias. Para se proteger é importante tomar algumas precauções:

- Beba bastante água, mesmo sem sentir sede, e fique atento à hidratação, principalmente de idosos, crianças e animais.

- Evite exercícios físicos em horários mais quentes, entre 10 h e 16 h.

- Use produtos para hidratar a pele.

- Use chapéu ou óculos escuros.

- Evite fazer faxina utilizando vassouras, por conta da poeira no ar.

- Use vaporizadores ou toalhas molhadas nos ambientes.

- Mais atenção para não provocar queimadas.


Fonte: www.drauziovarella.com.br (Jornal O Popular)