5 de junho de 2016

Estádio Olímpico: agora vai?


Em junho de 2006, o velho Estádio Olímpico foi colocado abaixo. Após inúmeros episódios envolvendo projetos, cifras e desencontros de datas, a nova praça esportiva, que custou cerca de R$ 105 milhões, com capacidade para cerca de 13 mil pessoas, será inaugurada nos próximos dias.

É o que garante o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), Jayme Rincon. “Se precisar, a gente conclui (a obra) em 30 dias, se não precisar, a obra vai em um ritmo normal e leva cerca de 45 dias”, estimou.

A ideia era de inaugurar o estádio com o amistoso da seleção olímpica, que participará da Rio 2016, mas a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) preferiu uma praça maior para o duelo diante do Japão, no dia 30 de julho. Assim, o Serra Dourada abrigará o evento.

Um treino da seleção, que deve contar com o atacante Neymar, na véspera da partida, pode ser parte integrante da programação de inauguração. Porém, a intenção do governo estadual é de contar com uma agenda mais extensa, com outras modalidades, já que além do estádio o laboratório de capacitação que faz parte do Centro de Excelência também será entregue.

Enquanto isso, o processo de escolha de uma Organização Social para administrar o centro está em andamento. Apenas duas instituições estão habilitadas junto ao governo para gerir o local, até o momento.

Fotos:












Fonte: Jornal O Popular