16 de maio de 2016

Goiânia recebe mais de seis mil novas árvores com obras do BRT


Somente nesta sexta-feira, 188 Ipês foram plantados na Avenida Goiás Norte. Ao todo, mais de seis mil mudas já substituíram as espécies retiradas para a construção do projeto de mobilidade urbana

A Avenida Goiás Norte recebeu nesta sexta-feira, 13, novos 188 Ipês, nas proximidades das obras do BRT Norte-Sul. As novas árvores fazem parte do paisagismo da obra e se somam às outras seis mil que já foram plantadas em compensação à retirada de espécies para o andamento das obras. 

Os Ipês foram plantados no trecho que compreende a Praça do Violeiro e a Alameda Fernando de Noronha. “São espécies da cor amarela, branca e rosa, que darão um bonito visual à região”, explicou o engenheiro da Unidade de Coordenação do BRT, Benjamin Kennedy Machado da Costa, esclarecendo que as novas árvores vão compor o projeto paisagístico da avenida. “Essas árvores são fundamentais para o projeto, que tem o objetivo de melhorar a mobilidade urbana, mas que enxerga na arborização um componente fundamental”, ressaltou. 

Benjamin Kennedy afirmou que ao final de toda a obra, 60 mil novas mudas estarão plantadas na cidade. “Além dessas 188, já plantamos seis mil mudas de espécies nativas do Cerrado no morro da Cascalheira, que está degradado, entre as ruas G, JC-47 e JC-49 e a Avenida do Povo, no Jardim Curitiba I. Do total, 2.500 são sobreviventes e ganham foça a cada dia”. 

A ação no Morro da Cascalheira foi realizada em cumprimento ao Termo de Compensação assinado entre o Ministério Público e o consórcio executor do corredor exclusivo de ônibus do BRT, que determinou o plantio de novas mudas para compensar as árvores extirpadas durante as obras. 

Valéria Almeida, da Diretoria de Jornalismo – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)