12 de abril de 2016

Goiás terá de adotar 9º dígito nos celulares a partir de maio de 2016


Após mudança, usuários terão prazo de cerca de 3 meses para adaptação. Dígito 9 será acrescido à esquerda dos números de DDD 61,62 e 64.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou que Goiás deve adotar o 9º dígito nos números de celular a partir de 29 de maio de 2016. A mudança tem o objetivo de atender à crescente demanda pelo serviço móvel.

O cronograma da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União na última terça-feira (8). Ele inclui os DDDs 61, 62 e 64. Apesar de ainda não ter sido adotado em Goiás, o novo sistema já está presente na maioria dos estados.

Com a alteração, os usuários devem adicionar o dígito 9 à esquerda dos atuais números móveis, por exemplo: 9xxxx-xxxx. A Anatel alerta que os telefones fixos continuam compostos por oito dígitos.

Embora a mudança inclua apenas a telefonia móvel, todos os usuários precisam discar o nono dígito para efetuar as ligações para celulares. Nas chamadas para outros estados, o 9 também deve ser incluído, por exemplo: 0 + código da operadora + código de área + 9xxxx-xxxx.

De acordo com a Anatel, depois de 29 de maio, as ligações com oito dígitos serão completadas até 7 de junho para adaptação das redes e dos usuários. Entre 8 de junho e 5 de setembro, haverá interceptações e o usuário receberá mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse prazo, as chamadas com oito dígitos não serão mais completadas.

A Anatel alerta que as agendas telefônicas não serão mudadas automaticamente. “Cabe ao usuário providenciar a mudança em sua agenda de contatos. Sugere-se ao cliente consultar sua prestadora de telefones móveis (celulares) a respeito, pois algumas fornecerão aplicativos que facilitarão essa alteração da agenda”, informa nota da agência.

Fonte: G1 Goiás