23 de abril de 2016

Falha na sinalização turística de Goiânia compromete visitação a locais que são cartões-postais



Avenida Gercina Borges - Falta de sequência de placas deixa confuso visitante que tenta chegar ao Autódromo Internacional Ayrton Senna, na GO-020

É dia de jogo no Estádio Serra Dourada, mas não se sabe o caminho até lá. Na Praça Tamandaré, o motorista avista uma placa indicando que deve ir pela Avenida Assis Chateaubriand. Seria um alívio para quem chega na capital e não conhece todos os caminhos que levam aos destinos turísticos de Goiânia. Mas, se esse motorista seguir a indicação das placas, ele vai chegar à Assembleia Legislativa ou até Avenida Paranaíba, onde poderia avistar o Estádio Olímpico, cuja reforma ainda não foi finalizada e, logo, não recebe jogo.

Faltam placas de sinalização turística em Goiânia. Um projeto de 2013 começou a ser executado em 2015, mas não foi finalizado. Como a empresa vencedora da licitação, Fernanda Caetano e Cunha ME, não havia recebido qualquer parcela acordada, com recursos do PAC Cidades Históricas do Ministério do Turismo, interrompeu o serviço. Ou seja, algumas placas foram instaladas, mas não todas, prejudicando quem precisa delas.

No caso do trajeto da Praça Tamandaré ao Estádio Serra Dourada (veja mais ao lado), falta uma placa indicando ao condutor que ele deve virar a direta para chegar à Praça Cívica e, daí, ao destino. Em alguns pontos, a sinalização foi toda feita, como o exemplo do Centro de Convenções, que é, até então, o local turístico da capital mais bem sinalizado. O mesmo não ocorre com o Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, e com o Autódromo, na GO-020.

As placas, que são aquelas de fundo marrom e texto e desenho em branco, são bilíngues (inglês e português). A princípio seriam entregues em outubro passado, nas comemorações do aniversário de Goiânia. Diretor de Turismo da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Fernando Magalhães, afirma que negocia com a empresa detentora do contrato, mas que, pela falta de recursos, há dificuldade em se chegar a um acordo. A expectativa é que se tenha uma definição ainda neste mês.


Assis Chateaubriand - Sinalização incompleta na rota ao estádio