3 de abril de 2016

Aeroporto de Goiânia está pronto, mas liberação só no fim de maio


Do alto, é possível avistar fingers, estacionamento, vias que ligam aos futuros acessos e pista de taxiamento. Novo terminal já tem forma quase definitiva, mas aparências enganam

Do alto, é possível ver que está tudo pronto. Fingers, estacionamento, vias que ligam aos acessos e pista de taxiamento mostram que, enfim, Goiânia já tem um novo aeroporto. Foram mais de 4 mil dias de espera desde o início da construção do novo terminal e pelo menos oito longas interrupções. Amanhã, finalmente, o novo terminal será oficialmente entregue pelo Consórcio Odebrecht/Via Engenharia à Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Mas os passageiros só terão chance de usar o espaço dentro de mais um mês e meio, no dia 21 de maio. A cerimônia de inauguração está prevista para dez dias depois.

Esse intervalo de quase dois meses, segundo a Infraero, é necessário para a homologação do terminal junto aos órgãos reguladores (Anac e Comaer) e para que as empresas aéreas e concessionárias comerciais instalem seus equipamentos, sistemas e validem o funcionamento deles.

O velho terminal de passageiros continuará em uso até que o novo seja inaugurado e depois deverá ser desativado

A entrega do novo terminal coincide com o prazo limite do contrato assinado quando as obras foram retomadas em definitivo, em 2013, que venceria no dia 6 de abril.

A reportagem do POPULAR sobrevoou de helicóptero, na última quarta-feira, o novo espaço. Para quem se acostumou a enfrentar sol ardente e chuva incômoda no embarque ou desembarque no atual terminal, em meio ao trânsito frenético de carros de bagagem, os quatro fingers novos alegram os olhos e dão esperança de mais dignidade. 

Outro sopro de alívio surge com a visão das vias internas do novo terminal, que ligam às entradas. Elas já estão prontas, com sinalização instalada indicando retornos, área de estacionamento e saídas mais próximas. O acesso pela BR-153, no entanto, que deve ter maior demanda de veículos, ainda é apenas uma pequena estrada de terra.

Embora sequer inaugurado, já existe um projeto executivo concluído para ampliação do novo terminal, que ficaria com capacidade para 12 milhões de passageiros por ano. O prazo previsto no projeto é de conclusão da obra em 2020, mas não há nenhum indício de que isso de fato será realizado. A Infraero só confirma a existência do projeto.

Titulo Original: Aeroporto de Goiânia é entregue dentro do prazo, mas liberação fica só para o fim de maio