8 de março de 2016

Ao lado de Marconi, Vilmar Rocha anuncia OSs nos parques ambientais


Durante lançamento do Projeto Conscientização Ambiental e Cidadania, secretário falou sobre o novo modelo de gestão a ser adotado pelo Estado

“Inicialmente, nossa intenção era privatizar nossos 12 parques, mas como já temos a experiências nas OSs (Organizações Sociais) implantadas na Saúde, e em implantação na Educação, optamos pela gestão compartilhada.” A fala de Vilmar Rocha, secretário estadual de Meio Ambiente, Recursos Hí­dri­cos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), aconteceu na manhã desta segunda-feira (7/3), no lançamento do Projeto de Conscientização Ambiental e Cidadania, no Parque Altamiro de Moura Pacheco, no quilômetro 27 da BR-060/BR-153, em Goianápolis.

Vilmar esteve no Parque Altamiro de Moura Pacheco com o governador Marconi Perillo (PSDB) para lançar o projeto, que tem como foco 60 mil alunos de 18 cidades goianas entre 2016 e 2018. Segundo o secretário, trata-se de um projeto estruturado e permanente para promover a discussão de temas como saneamento, energia sustentável, descarte e aproveitamento de lixo por meio de debates, palestras e oficinas nas escolas.

Visitas monitoradas às unidades de preservação, exposições fotográficas e de animais empalhados também fazem parte do projeto, com doação de bibliotecas e videotecas às escolas. Fará parte do projeto um programa educativo chamado “Ambiente-se”, com apresentação na TV e internet.

O lançamento do Projeto de Conscientização Ambiental e Cidadania serviu também para realizar o que Vilmar chamou de “inauguração simbólica” da reforma do Altamiro de Moura, que recebeu obras nas partes hidráulica, elétrica e pintura dos prédios, além do plantio de 100 mil mudas desde setembro de 2015. “Ainda vamos plantar mais 200 mil mudas em áreas degradas e de pastagens.”

Já o governador, em seu discurso, destacou a importância de se construir um plano de preservação do meio ambiente para as próximas gerações. “Vivemos uma crise sem precedentes, mas daqui a 20 anos as crianças vão querer saber o que foi feito na área ambiental; pois as crises passam, mas os recursos ambientais não são renováveis, e precisam ser preservados”, disse Marconi.

O tucano falou sobre os investimentos na área, que, desde 1999, teria subido de 12 para 96 as estações de tratamento de esgoto em Goiás, com 90% do esgoto de Goiânia coletado e tratado e a garantia de água para a Região Metropolitana para os próximos 50 anos. De acordo com o governador, seu governo multiplicou o número de unidades ambientais preservadas em cinco vezes.

“As crianças de hoje ensinam os adultos, que também vivem uma mudança de comportamento”, disse o governador. O tucano destacou a importância de aguçar nas crianças a vontade de preservar o meio ambiente: “Somos a cumeeira das águas do Brasil, com nascente das três bacias, do Prata, do São Francisco e Amazonas”.

Escolas militares

Em seu discurso, Marconi também falou aos alunos do Colégio Militar Hugo de Carvalho Ramos que, em 1999, a escola passou de modelo militar. “Foi uma unidade criada para ser uma escola de líderes, mas estava entregue às drogas. Hoje, sim, é uma escola de líderes”.

Segundo Marconi, “muita gente é contra a escola militar”, mas o que o governo quer é “diversidade na educação”. “O que interessa são alunos com boa escola, com ensino de qualidade, como ocorre no Hugo.”

Parabéns

Com um bolo de aniversário entregue pelo prefeito de Terezópolis de Goiás, Francisco Alves de Sousa Júnior, o Juninho (PSDB), autoridades e plateia cantaram parabéns em comemoração aos 53 anos completados nesta segunda por Marconi. Ele plantou uma muda de ipê no Parque Altamiro de Moura na chegada ao local.

Participaram ainda do evento o prefeito de Anápolis, João Gomes (PT), o deputado estadual Júlio da Retífica (PSDB) e a ex-parlamentar Onaide Santillo (PMDB), o diretor-presidente da Saneago, José Taveira Rocha, o secretário de Meio Ambiente de Goiânia, Nelcivone Melo, autoridades e servidores da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). (Com informações do Gabinete de Imprensa)

Fonte: Jornal Opção
Foto: Pedro Henrique Santos