Festa da Fantasia 2016 (Edição Sunrise)

22:30 0 Comments A+ a-


Data:  09/04/2016
Local: Goiânia Golfe Clube
Fone: (62) 3645-3444
Site: www.festadafantasia.net

Como todos os anos, o público já espera o melhor da Festa da Fantasia. Em 2016 a novidade é a nova estrutura e o novo layout, diferente de todas as edições anteriores. O formato será sunrise, veremos o sol nascer num dos mais belos espaços da capital, com muito verde a céu aberto, com conforto e segurança. O all inclusive será completo com open bar de whisky Chivas 12 anos, vodka Absolut, cerveja Skol Beats Spirit que é lançamento no mercado, refrigerante, suco e água.

Já o open food este ano se divide em dois ambientes, o espaço gourmet e o espaço fitness, novidade desta edição. Estão confirmados no espaço gourmet, além de um buffet variado, estabelecimentos como: Detroit Steak House, Manzoku Culinária Japonesa e Creme Mel que criou um picolé exclusivo para a festa. O espaço Fitness tem confirmados: sorvetes FIT2U, Health Food e Fast Açaí. São dois ambientes para quem quiser aproveitar as delícias gastronômicas sem perder o foco da alimentação. Vamos todos juntos até o amanhecer! 

Atrações:

- Alok
- Dead Dociety
- Royal Inc.
- Guga Guizelini
- Fran Kirsch
- Jorge Pyerre
- Renato Borges

Ingressos:

Feminino - 2º Lote: R$ 320,00*
Masculino - 2º Lote: R$ 550,00*
*Valores sujeitos à alteração sem aviso prévio.

Pontos de Vendas:
-Academia Flex
-Tribo Restaurante
Online: Sem Hora

Open bar e Open Food

Sete radares fiscalizam velocidade na Zona 40 em Goiânia

22:04 0 Comments A+ a-


Multas para quem desrespeitar sinalização pode chegar perto dos R$ 600

Começou nesta quinta-feira (31) a fiscalização de limite de velocidade da Zona 40, que abrange os anéis interno e externo da Praça Cívica, as avenidas Araguaia, Goiás e Tocantins até a Paranaíba, e todas as vias localizadas neste perímetro do Setor Central de Goiânia.

A medida visa à diminuição da velocidade para 40 km/h e do número de acidentes nestes trechos, principalmente envolvendo ciclistas e pedestres. Segundo a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), os radares instalados em sete pontos diferentes já estão fotografando os condutores que desrespeitarem o limite.

“Não há exceção para nenhum tipo de veículo em momento algum. Além dos sete equipamentos fixos que nós instalamos como radares fixos na região, nós temos na cidade de Goiânia mais três radares móveis, que se movimentam em horários alternados e em ruas diferentes. Tudo isso já está em prática na região central para que possamos ter efetividade dessa medida”, afirma o secretário de trânsito Andrey Azeredo, em entrevista à jornalista Cecília Barcelos, durante o Segundo Tempo da Notícia, da Rádio 730.

Azeredo destaca que no mês de março de 2015, houve 65 acidentes com 18 vítimas feridas contra 13 acidentes e oito feridos no mesmo período em 2016. Para o secretário, a fiscalização dos últimos 34 dias, mesmo que ainda em caráter educativo, já apresentou melhora nos índices de segurança no trânsito da região central. “Isso demonstra que a velocidade mais baixa aumenta a segurança no trânsito e é benéfico para todos”, acrescenta.

Os radares foram instalados em locais considerados de maior incidência de alta velocidade da região central. Cada um dos sete equipamentos estão nos seguintes trechos: Avenida Paranaíba com Araguaia, Paranaíba com Tocantins, Tocantins com Rua 4, Tocantins com Rua 3, Araguaia com Rua 3, Rua 4 com Rua 6 e Rua 4 com Rua 9.

Ao contrário de outras regiões da capital em que são utilizadas para ligar os parques Areião, Vaca Brava e Lago das Rosas, as ciclofaixas na Zona 40 não são exclusivas dos ciclistas. A SMT afirma que no centro, o uso das ciclovias deve ser compartilhado.

As multas para quem desrespeitar a sinalização são gradativas, ou seja, variam conforme a velocidade excedida e podem chegar perto dos R$ 600. Confira a seguir os valores para quem exceder o limite de 40 km/h da Zona 40.

- Velocidade 20% acima – Infração média, quatro pontos na carteira e multa de R$ 85.

- Velocidade entre 20% e 50% acima – Infração grave, cinco pontos na carteira e multa de R$ 127,69.

- Velocidade 50% acima – Infração gravíssima, sete pontos na carteira e multa de R$ 574.

Fonte: Portal 730

Vilmar Rocha: “Queremos tornar Goiás referência na produção de energia solar”

21:55 0 Comments A+ a-


Durante seminário, secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos explicou medidas que serão tomadas pelo governo estadual para incentivar uso de fontes renováveis

Durante seminário que discute a sustentabilidade no agronegócio, o secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Cidades, Infraestrutura e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha (PSD), apresentou, nesta quinta-feira (31/3), algumas das medidas que serão tomadas pelo governo para incentivar a produção de energias renováveis em Goiás.

Um dos maiores destaques é o investimento na energia solar, ainda praticamente inexplorada no Estado. “Precisamos desenvolver a energia solar para que ela seja uma das bases da nossa formação energética”, defendeu Vilmar. “Apenas duas mil casas no Brasil têm energia solar. Em Goiás, por volta de 30, inclusive a minha”, brincou. “Em um País que tem tanto sol, isso é um escândalo”.

Vilmar destacou a pequena participação da energia solar inclusive nacionalmente. “Hoje é 0,01%, quando, em mais de 50 países do mundo, é acima de 10% da sua matriz energética. Queremos fazer um grande programa para tornar Goiás um dos estados referência na produção de energia solar”, destacou.

Para tanto, o governo de Goiás preparou, segundo ele, cinco medidas para incentivar o desenvolvimento desta matriz energética. Entre elas, a isenção de ICMS para mini e micro produtores que investirem na energia solar; a edição de uma portaria simplificando a licença ambiental para usina deste tipo de energia; e a realização de um leilão estadual para venda de energia solar.

Além disso, a secretaria editará, segundo Vilmar, “uma série de medidas de caráter tributário para atrair empresas para produzir maquinários e equipamentos”. A última medida é o financiamento para quem instalar energia solar em casa: “Hoje já existe o financiamento para pessoa jurídica, de até 50 mil, mas queremos também fazer para pessoa física: Qualquer um que quiser colocar energia solar na sua casa vai no banco e pode, com a redução que vai ter na taxa de energia, pagar o financiamento”.

Segundo Vilmar, o programa valerá em todo o Estado, sem priorizar regiões específicas. O secretário também espera que haja uma cooperação com as demais esferas administrativas, unificando projetos com um só objetivo: “As prefeituras também podem dar incentivos, além do governo federal. Eu mesmo já estive com o ministro das Minas e Energias duas vezes tratando desse assunto”, sustentou.

O secretário adiantou ainda que o governo pretende atrair usinas de energia concentrada, para produção em maior volume. “Já temos várias iniciativas para trazer investimentos para energia concentrada, para as usinas produtoras de energia solar. Inclusive, a Celg já tem um projeto de, dentro de dois anos, ter uma usina concentrada”, contou.


A pedido do MP, Conselho de Arquitetura irá analisar impacto do Nexus

21:44 0 Comments A+ a-


Parecer do CAU complementará análises do Ministério Público para constatar irregularidades no megaempreendimento do Marista

A 15ª Promotoria de Justiça da Comarca de Goiânia (Núcleo de Defesa do Meio Ambiente da capital) solicitou, na última semana, ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU-GO) uma análise técnica quanto à viabilidade da construção do Nexus Shopping & Business, localizado na Avenida D com a 85, no Setor Marista.

No despacho, obtido com exclusividade pelo Jornal Opção, o promotor Juliano de Barros Araújo pede a área de ocupação do empreendimento, questiona se o projeto observa o índice de ocupação máximo definido no Plano Diretor e requisita a definição de Índice Paisagístico Mínimo presente no Plano Diretor.

O Ministério Público também questiona no documento quais seriam os possíveis impactos urbanísticos decorrentes da implantação do empreendimento, além de outras considerações técnicas acerca do projeto e implicações urbanísticas.

Em entrevista ao Jornal Opção, a vice-presidente do CAU, professora Maria Ester Souza, disse que já esperava a solicitação do Ministério Público e afirma que a análise do conselho será estritamente técnica. “Esta é a única parte que nos cabe. Ofereceremos uma análise técnica, porque temos essa prerrogativa”, explicou.

A pauta está sob responsabilidade da Comissão de Política Urbana do CAU. À reportagem, a coordenadora Regina de Faria Brito informou que recebeu o despacho da promotoria na última semana, mas solicitou novas informações e documentos do processo envolvendo o Nexus ao MPGO, que respondeu aos pedidos na última quarta-feira (30).

Agora, a comissão passará toda a documentação à equipe profissional do conselho para que seja feita a análise. Segundo Regina, ainda não há uma previsão para a conclusão dos trabalhos. “Acabei de repassar os dados para nossos profissionais, que são pessoas que se dispõem voluntariamente para realizar esta análise. Estamos repassando e queremos dar cargo a isto o quanto antes”, informou.

Expectativas

Representantes do CAU, mesmo que de maneira informal, já se manifestaram contrários à construção do Nexus. Dentre os principais pontos levantados, está a fragilidade do atual Plano Diretor de Goiânia, que permitiria pretensões genéricas sobre termos de referência, que não acompanham o desenho da cidade.

Para Regina de Faria Brito, o plano ignora a densidade real das áreas urbanas, possibilitando “empreendimentos em locais inadequados e que prejudicam a região em que serão erguidos”. “A gente sabe que não é só esse empreendimento. Há outros que também serão construídos na região. Quem mora próximo ao local já tem dificuldade de morar e transitar”, acrescenta.

Complemento

O megaempreendimento, localizado na Avenida D com a Avenida 85, no Setor Marista, passou a ser alvo de investigação do órgão ministerial, após o Jornal Opção revelar, com exclusividade, uma possível falsificação em assinaturas que compõem o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) apresentado pela Consciente Construtora e JFG Incorporadora, responsáveis pela construção.

O laudo solicitado ao CAU deve complementar a análise, ainda em prosseguimento, do próprio Ministério Público de Goiás (MPGO), que será empenhada pela Perícia em Edificações da Coordenação de Apoio Técnico-Pericial (CATP) do órgão ministerial. O promotor Juliano de Barros Araújo espera a conclusão das análises para dar cargo ao Termo de Ajuste de Conduta (TAC) proposto por ele à Consciente Construtora e à Prefeitura de Goiânia, que estabelece pontos imprescindíveis para a continuidade da obra.

Projeto:





Rede estadual ganhará 61 novas escolas até 2017

21:39 0 Comments A+ a-



Até o primeiro semestre de 2017, a rede pública estadual ganhará o reforço de 61 novas unidades educacionais. Desse total, 23 serão construídas no entorno do Distrito Federal de forma a atender a grande demanda por vagas no Ensino Fundamental e Médio. Dessas 23, oito serão inauguradas ainda no primeiro semestre deste ano, 14 no segundo semestre de 2016 e uma no segundo semestre de 2017.

As obras estão sendo realizadas com recursos do Tesouro estadual e do Fundo Nacional de

Desenvolvimento da Educação (FNDE) em investimentos que giram em torno de R$ 148 milhões.

Cronograma
O cronograma de inaugurações da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) para 2016/2017 também inclui a reforma de 220 instituições de ensino e a construção de 218 quadras esportivas, sendo que 61 já estão licitadas, 48 em fase de licitação, 55 em processo de novas licitações e 56 com atualização de projetos arquitetônicos e orçamentos para entrar em licitação.

Segundo a secretária Raquel Teixeira, a Pasta conta hoje com 45.315 servidores em todo o Estado.

Fonte: Goiás Agora

BRT Norte-Sul abre novas frentes de trabalho

12:15 0 Comments A+ a-


Com os trabalhos em fase de finalização no primeiro trecho do corredor BRT Norte-Sul (sigla em inglês para Bus Rapid Transit - Transporte Rápido por Ônibus), que fica entre a Praça do Trabalhador e a Avenida Francisco de Araújo no Setor Urias Magalhães, o consórcio que gerencia a obra já abriu uma nova frente de trabalho entre a Perimetral Norte e o Terminal Recanto do Bosque, no setor de mesmo nome na Região Norte de Goiânia. A previsão inicial para conclusão da obra era final deste ano, mas vai ficar para 2017. 

O corredor BRT foi iniciado em maio do ano passado com as obras na Avenida Goiás Norte, entre a Praça do Trabalhador e a Avenida Perimetral Norte. Ao todo, o corredor terá extensão de 22 quilômetros entre o Terminal Recanto do Bosque, na Região Noroeste de Goiânia, e o Terminal Cruzeiro, em Aparecida de Goiânia. O projeto prevê instalação de 39 estações para atender 120 mil passageiros por dia. O investimento é de R$ 242,4 milhões. A frente será divida em duas etapas. Na primeira delas, o trecho da Avenida Goiás Norte, entre a Perimetral e a Avenida Nerópolis no Jardim Balneário Meia Ponte, a grama do canteiro central já foi retirada e as máquinas preparam o solo para receber o pavimento. 

Na segunda etapa, o Terminal Recanto do Bosque já passa por intervenções para a ampliação. De lá um grupo vai trabalhar na construção do corredor sentido Perimetral Norte. Essa frente de serviço deve ficar pronta até o final do ano.

Nesta fase, mais árvores poderão ser derrubadas, pois muitas estão no canteiro central de vias estreitas do Jardim Balneário Meia Ponte. O coordenador do projeto, Ubirajara Abud, afirmou ao O HOJE que já tem licença da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) para a retirada de mais exemplares. No entanto enfatizou que “só vamos arrancar aquelas que realmente forem necessárias 

Aparecida

Uma das obras de maior impacto no trânsito é a trincheira a ser construída no encontro da Avenida Rio Verde com a Avenida Tapajós, em Aparecida de Goiânia. Pelo cronograma inicial este trabalho já deveria ter sido iniciado, mas a retirada de uma rede subterrânea de cabos de fibra ótica de uma operadora de telefonia do local vai demandar tempo, por esse motivo a intervenção só terá início em 2017. (Deivid Souza) 


Pedalinhos voltam a funcionar no Lago das Rosas

23:13 0 Comments A+ a-


Inauguração do brinquedo deve acontecer nesta sexta-feira (1), parece pegadinha do dia da mentira, mas não é!

A prefeitura de Goiânia anunciou nesta quarta-feira (30) que os pedalinhos voltarão a ser atração no Lago das Rosas. A inauguração do brinquedo deve acontecer nesta sexta-feira (1). Parece pegadinha do dia da mentira, mas a prefeitura garante que não é!

De acordo com a publicação na página oficial do município no Facebook, os pedalinhos já estão funcionando em caráter experimental.

No post, a assessoria sugeriu em tom humorado que os casais poderão ter um novo local para passear “Agora você pode passear com o seu bem nos pedalim do lago das rosas (sic)”.


Foto: página Goiânia Antiga/ Demerval Junior




Fonte: Jornal Opção

Vereador retira projeto de “Lei de fechamento dos bares em Goiânia”

23:05 0 Comments A+ a-


Representantes de bares participaram da reunião e alegaram que a continuidade do projeto prejudicaria o setor

O vereador Paulo da Farmácia pediu o arquivamento do projeto de “Lei de fechamento dos bares em Goiânia” durante reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Câmara de Vereadores de Goiânia, na manhã desta quarta-feira (30).

Paulo solicitou o arquivamento da proposta atendendo a um clamor da sociedade. Representantes do segmento de bares também participaram da reunião e pontuaram que, caso o projeto fosse levado adiante, o setor seria bastante prejudicado economicamente.

De acordo com a proposta do vereador, os estabelecimentos que  comercializam bebidas alcoólicas, atualmente sem restrição de horário, deveriam fechar às 23h30, nos dias de semana, e à meia-noite, aos sábados e nas vésperas de feriado. Donos de bares e restaurantes da capital organizaram o Movimento Bares de Goiânia e publicaram em seus perfis, principalmente, no Instagram várias imagens da campanha utilizando a hastag #nãosoudelinquente.


Governo de Goiás anuncia construção de escolas e mais recursos para Educação

23:17 0 Comments A+ a-


Em reunião de trabalho, nesta segunda-feira, dia 27, na Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), o governador Marconi Perillo aprovou a construção e a reforma de novas escolas e quadras poliesportivas ainda neste ano, garantiu mais recursos para o custeio do transporte escolar no interior e também reafirmou a implantação das Organizações Sociais (OSs) na gestão das escolas públicas em Goiás.

As medidas integram o pacote de ações pedagógicas e de infraestrutura apresentadas ao governador pela titular da Seduce, Raquel Teixeira, e pelos 17 superintendentes-executivos da pasta, para atingir os planos de governo. Com a aprovação, os projetos seguem agora para formatação e execução. Entre eles estão a construção/reforma de 300 escolas e mais de 200 quadras poliesportivas nas unidades, de diferentes regiões do Estado, e a elaboração de um novo conceito de educação integral.

“Essas reuniões nos dão a noção exata da execução do plano de governo, previstos no Goiás Mais Competitivo, Inova Goiás e nos Programas da Educação. Estou otimista e entusiasmado com o que estamos realizando. Fomos primeiro lugar em 2013 (Ideb) e queremos continuar bem em relação aos indicadores educacionais. Estamos fazendo tudo de forma sólida. A Educação é o futuro, que vai fazer a diferença neste tempo de crise”, destacou o governador.

Transporte escolar
Marconi ainda garantiu uma correção de 13% no repasse feito pelo Estado para o custeio do transporte escolar de estudantes da zona rural. Em reunião com o presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), Cleudes Baré, e com a representante da Federação Goiana dos Municípios (FGM), Carla Kellem de Lima, disse que o Estado vai articular mais recursos, junto ao governo federal, para aumentar o repasse nos próximos meses.

Hoje, o Governo de Goiás investe R$ 137 no transporte de cada estudante beneficiado pelo programa. O gasto total do Estado a cada mês é de R$ 7 milhões. Com a correção de 13%, o gasto total deve ultrapassar os R$ 8 milhões e por cada estudante deve chegar a R$ 150. “Isso vai aliviar os municípios, que estão sobrecarregados. Vamos garantir a formação destes estudantes”, avaliou o presidente da AGM, Cleudes Baré.

OSs

O governador ressaltou que será realizada em breve outra chamada pública para a qualificação de OSs, que serão responsáveis pela gestão de algumas escolas públicas. “Outro chamamento será feito. Não queremos qualquer tipo de OS. Não queremos que este conceito seja desmoralizado. Queremos fazer a diferença na Educação em Goiás. Queremos que este projeto seja revolucionário como aconteceu na área da Saúde. Educação tem suas especificidades e é preciso ter cuidado para que implementemos um modelo que se torne referência”, avaliou.

O governador reafirmou o objetivo do Governo do Estado em continuar o projeto. “Não há nenhuma chance do governo recuar. Percebemos as mudanças na Saúde, onde foi implantada a gestão por OS. Temos certeza que é possível fazer algo diferente e melhor na Educação, valorizando professores e alunos, com a coordenação da Secretaria. Todo esforço está sendo feito em Goiás para que a Educação pública faça a diferença”, disse.

Novo edital

A secretária Raquel Teixeira, por sua vez, afirmou que já existe uma equipe da Seduce trabalhando neste novo edital de chamamento. “O edital tem de ser atualizado. Estamos tomando cuidado para que não haja dúvidas. Os princípios e metas são os mesmos. Apenas a forma de explicitar pontos importantes, como a utilização do Fundeb, Salário-Educação, das regras do Tesouro, ficará mais clara”, explicou.

Segundo Raquel, a expectativa é de que as OSs entrem em atividade a partir do segundo semestre. “Dentro de dez dias, estaremos com essa atualização do edital finalizada. Uma vez feito o chamamento, são de 30 a 45 dias para que haja apresentação e recursos. Tudo caminha para o início efetivo das OS a partir do segundo semestre”, disse. “Construímos um modelo inédito, de acordo com a legislação brasileira, do que é melhor para a aprendizagem do aluno, do que é melhor para a carreira do professor, que cria um ambiente mais seguro e organizado”, disse.
Fonte: 

Fonte: Goiás Agora

Projeto implantará Circuito Cultural na Praça Cívica

23:14 0 Comments A+ a-


A Praça Cívica receberá o Projeto Circuito Cultural Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira. A ideia é restaurar, requalificar e transformar seis edifícios da praça em museus. O projeto prevê espaços modernos e interativos, museus, bibliotecas, arquivo histórico, centro de pesquisa e estudo, galerias de arte, cinemas, oficinas de teatro, música e cafés.

Segundo o governador Marconi Perillo, o projeto é de grande valor arquitetônico e urbanístico, resgatando a tradição do goianiense de frequentar o local. “O objetivo é tornar a Praça Cívica um lugar turístico e de convivência para os moradores da cidade”.

A ordem de serviço para a realização do projeto foi assinada pelo governador Marconi Perillo e pela titular da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, na semana passada. O governador pediu à secretária celeridade. Após a publicação no Diário Oficial, a Seduce começa a definir orçamento e parcerias para a efetivação do Circuito Cultural.

Fonte: Goiás Agora

Teleférico do Parque Mutirama começa a operar em abril

23:02 0 Comments A+ a-


Obra deveria ser entregue em outubro de 2015, no aniversário de Goiânia.  Presidente da agência garante que inauguração será no próximo dia 15.

O teleférico do Parque Mutirama, em Goiânia, deve começar a funcionar no dia 15 de abril, segundo o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Sebastião Peixoto. A nova atração turística ligará o local, que fica no Centro, ao Parque Botafogo, na Vila Nova. Inicialmente a inauguração estava marcada para o aniversário da capital, em 24 de outubro do ano passado, no entanto, ela deve acontecer com mais de cinco meses de atraso.

“Isso é para garantir que tudo seja feito certinho. A empresa está fazendo todos os testes de segurança. Como temos um equipamento de altíssima tecnologia, não temos dúvidas de que será a atração turística que faltava para Goiânia”, afirmou Peixoto ao G1.

Com 450 metros de extensão e 18 metros de altura, o teleférico vai integrar as atrações do Parque Mutirama. Segundo a administração, serão inicialmente quatro cabines fazendo o trajeto que passa por cima do parque temático, do túnel da Avenida Araguaia e da Marginal Botafogo.

A velocidade média da travessia será entre 4,5 e 6 metros por segundo. Conforme o projeto, todas as cabines serão automatizadas. Por enquanto, equipamentos provisórios são testados.

De acordo com a Agetul, não existirá um ingresso à parte para passear no teleférico, que exigirá apenas o pagamento único de R$ 16 (sendo R$ 8 para crianças de 4 a 12 anos e estudantes) que dá o direito de acesso a todos os brinquedos do parque.

As obras estavam incluídas no projeto de revitalização do Parque Mutirama, iniciado em 2011. Segundo a Agetul, a estrutura custou cerca de R$ 5,5 milhões, dos quais R$ 217 mil faltam ser pagos a empresa. Para Sebastião Peixoto, trata-se do teleférico “mais barato do mundo”.

“A gente vê aí a implantação do equipamento em outros locais do país fica em torno de vinte, trinta milhões. Aqui teremos algo moderno e que custou relativamente muito barato para a cidade, visto o tanto que vai movimentar tudo”, disse.

Tocha Olímpica

De acordo com a Agetul, o teleférico deve ser usado do revezamento da Tocha Olímpica, que deve passar por Goiânia no dia 5 de maio. Para o evento, a prefeitura vai utilizar a cabine de manutenção do teleférico, por ele ser aberto. O equipamento deve ser personalizado e preparado para receber a chama das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

“Estamos ansiosos por isso. Já nos primeiros dias de operação do teleférico viver um momento histórico destes, de receber a tocha de um evento grandioso que vai acontecer no nosso país é motivo de muito orgulho”, afirmou Peixoto.

Segurança
O equipamento está passando por todos os testes de segurança exigidos por lei. De acordo com a assessoria de imprensa do Mutirama, os cabos de aço que servem de “trilho” para as cabines do teleférico passaram por uma espécie de ultrassom para analisar a qualidade e agora está sendo submetido ao teste de peso.

De acordo com Sebastião Peixoto, a capacidade máxima do teleférico é de uma tonelada cada cabine. No entanto, em virtude do tamanho, o peso será limitado a quatro pessoas ou 500 kg. Os testes estão sendo feitos com pesos colocados dentro do trem em diferentes variações de velocidade.

O comando central do teleférico fica na estação de embarque, no Parque Mutirama. No local foi instalado todo o maquinário e painéis de controle do equipamento. Os trens da estrutura são controlados por meio de uma tela digital, que informa o peso, a velocidade e as condições de cada trem do teleférico em tempo real.

Fotos:





Fonte: G1 Goiás

Goiânia Arena

13:59 0 Comments A+ a-


Uma das principais características do Goiânia Arena é a sua versatilidade. Seu espaço permite a realização dos mais diversos tipos de eventos, desde esportivos a shows artísticos e culturais, feiras, colações de grau, congressos, convenções e festas realizadas no estado de Goiás.

Situa-se em local privilegiado, com fácil acesso, próximo à BR-153, com área de 40.500m2 de terreno e 22.273 m2 construída. Possui um amplo estacionamento, asfaltado, área de descanso, com capacidade para comportar cerca de 745 veículos. Tem capacidade para 11.333 pessoas sentadas e 15.000 pessoas total. 

O anel Inferior possui 3.333 cadeiras, sendo 440 vermelhas do lado leste, 420 vermelhas do lado oeste, 1.236 verdes e 1.236 azuis. O anel superior tem capacidade para 8.000 pessoas sentadas em arquibancadas. A arena para shows tem espaço para 2.000 cadeiras móveis ou 5.000 pessoas em pé.

A arena poliesportiva possui 1.600m2  em assoalho flexível de madeira amarelo cetim, também piso mondo com proteção em trabalho para os shows, iluminação superior com 52 projetores de 1.500 watts, projetados ao centro da quadra. A Sala Vip conta com infra-estrutura de serviços de bar, sanitários e acesso independente a arena

Possui 02 bares no nível inferior e 02 no nível superior. Possui 02 vestiários masculinos e 02 femininos, 02 vestiários de juízes, 02 camarins, 12 sanitários públicos geral, 05 salas privativas, 08 boxes de bilheteria, 02 salas de imprensa. 

Rampas de acesso ao anel superior: 02 unidades com 11m de largura, também possui rampas de acessos para deficientes.

O Goiânia Arena foi inaugurado em 2002 com uma infra-estrutura de países ricos, e até hoje é considerado um dos melhores e mais modernos ginásios do Brasil.Já recebeu shows de bandas renomadas internacionais,como Deep Purple, Simple Plan , Alanis Morissette, Scorpions, entre outros, e nomes nacionais, como Skank, Jota Quest, Banda Calypso, Raimundos, Biquini Cavadão, além de espetáculos, como teatros.

Alguns nomes que já passaram pelo Ginásio Goiânia Arena:

Elton John
UFC
CJ Ramone
Pato Banton
Deep Purple
Scorpions
Banda Calypso
Simple Plan
Alanis Morissette
P.O.D
Information Society
Michael W. Smith
Billy Paul
Colin Hay (ex-Men at Work)
Skank
Barão Vermelho
Sepultura
Plebe Rude
Raimundos
Voz da Verdade
Umadego
trazendo a arca
André e felipe
Bruna Carla
Entre Outros

Fonte: Wikipedia

Flamboyant In Concert 2016

13:32 0 Comments A+ a-



Confira a lista completa com os sete shows previstos até o dia 25 de outubro

29/03 – Djavan
26/04 – Rogério Flausino e Wilson Sideral
24/05 – Fagner
28/06 – Nando Reis e Frejat
23/08 – Gal Costa
27/09 – Elba Ramalho e Geraldo Azevedo
25/10 – Capital Inicial

Ingressos: 

Em todas as apresentações, o evento terá capacidade de público para cerca de três mil pessoas em cadeiras numeradas e organizadas por setor. Os ingressos são limitados a três convites por CPF e podem ser adquiridos mediante trocas de notas fiscais de lojas do Flamboyant com valores a partir de R$ 500.

Os clientes poderão adquirir seus ingressos no posto de trocas – no Piso 3, próximo a Centauro.

Setor 1- vermelho* - cada R$ 1.200,00 em compras, um ingresso (limitado a três convites por CPF).
Setor 2 - verde* - cada R$ 800,00 em compras, um ingresso (limitado a três convites por CPF).
Setor 3 azul* - cada R$ 500,00 em compras, um ingresso (limitado a três convites por CPF).

*Importante observar o período vigente das notas fiscais para cada show, conforme regulamento. Para o show de Djavan, por exemplo, serão aceitas notas fiscais de compras efetuadas entre 1º a 29 de março de 2016 ou enquanto houver ingressos disponíveis para troca.

Fonte: Jornal O Popular


UFG: Cursinho para estudantes de baixa renda recebe inscrições até 24/03

22:33 0 Comments A+ a-


Aulas serão ministradas de segunda a sábado na Escola de Veterinária e Zootecnia da UFG

Estão abertas até amanhã as inscrições para o Cursinho Federal de Goiás, que vai oferecer aulas para estudantes de baixa renda, preferencialmente oriundos de escola pública, que tenham concluído o ensino médio ou que estejam no último ano. Os interessados devem comparecer ao Centro de Aulas da Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ/UFG), no câmpus Samambaia, das 8h às 17h, com identidade, comprovante de endereço e caneta preta. No ato de inscrição serão repassadas informações sobre uma taxa a ser paga para cobrir despesas com material didático.

Ao se inscrever no cursinho, o candidato responderá a um questionário socioeconômico e deverá redigir uma redação. O texto não terá caráter eliminatório e será usado somente para avaliar a habilidade do estudante em relação à escrita em língua portuguesa. As aulas terão início no dia 10 de abril e serão ministradas de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h, e aos sábados, das 8h às 17h, também na EVZ.

O Cursinho Federal de Goiás é um projeto de extensão do Instituto de Química, em parceria com as empresas Connect Math, PerformanceWeb e Projeto Redação, todas incubadas no Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG. As aulas serão dadas por voluntários, em sua maioria alunos de graduação da Universidade.

Uma das coordenadoras do projeto e diretora-executiva da Connect Math, Silmara de Castro Carvalho, explica que o objetivo é oferecer uma educação de qualidade que não apenas some conhecimento para a aprovação nos processos seletivos, mas que também desperte os estudantes para uma visão crítica da sociedade por meio de oficinas e palestras extraclasse.

Fonte : Ascom/UFG
Texto: Luiz Felipe Fernandes

Vereadores aprovam em 1ª votação projeto que restringe o uso do Uber em Goiânia

19:32 0 Comments A+ a-


Ainda ocorrerão outras duas votações

A Câmara Municipal de Goiânia aprovou nesta quarta-feira, 23, em 1ª primeira votação, o projeto que regulamenta o uso de aplicativos para prestação de transporte individual e remunerado de passageiros. Ele contempla, conforme votado, somente permissionários na capital.

Pelo projeto do vereador Carlos Soares (PT), assinado também pelos vereadores Anselmo Pereira (PSDB) e Djalma Araújo (SDD), atualmente somente os taxistas da capital estariam aptos a usar os aplicativos como 99, Uber e Easy Táxi ou outros aplicativos para smartphones para o transporte individual e remunerado de passageiros. 

Na sessão desta quarta-feira, apenas representantes dos taxistas estavam na Câmara Municipal de Goiânia. Apenas um motorista do Uber apareceu rapidamente no plenário da Câmara, mas saiu com a manifestação dos taxistas contra a presença dele. 



Políticos goianos são citados em documentos da Odebretcht

19:29 0 Comments A+ a-



O Governador Marconi Perillo (PSDB), o prefeito Paulo Garcia (PT) e o ex-senador Demóstenes Torres estão relacionados na lista de doações da empreteira


Documentos apreendidos pela Polícia Federal (PF) e revelados ontem (23) listam possíveis repasses de dinheiro da construtura Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos, entre eles estão três goianos. Essa pode ser a maior relação de políticos e partidos associada a pagamentos de uma empreiteira até o momento no Brasil.

Os arquivos estavam com Benedicto Barbosa Silva Júnior, presidente da empresa, e foram apreendidas na 23ª fase da operação Lava Jato, batizada de “Acarajé", realizada em 22 de fevereiro. Entre os nomes relacionados nos documentos estão os políticos da oposição Aécio Neves (PSDB-MG), Romero Jucá (PMDB-RR), Humberto Costa (PT-PE) e Eduardo Campos (PSB), morto em 2014. 

De Goiás, o governador Marconi Perillo (PSDB), o prefeito Paulo Garcia (PT) e o ex-senador Demóstenes Torres foram citados. De acordo com a documentação, durante as campanhas de 2010, Perillo teria recebido R$ 200 mil em uma conta no Banco do Brasil. Já o então senador em 2010, Demóstenes, pode ter recebido R$ 1,2 milhão, na mesma época.  

Em nota enviada à imprensa na tarde de hoje, o prefeito Paulo Garcia negou que tenha recebido qualquer doação da Odebrecht.




Os documentos ainda não foram analisados pela Polícia Federal e, até o momento, não há indicativos de que os pagamentos sejam irregulares. 
Cartel

Além de citar políticos e partidos, as listas da Odebrecht também apresentam inúmeras anotações manuscritas que fazem referência a repasses para políticos e partidos com outras empresas referentes a obras. Documentos sobre “campeonatos esportivos”, que revelaram a atuação de cartel das empreiteiras em obras na Petrobrás também aparecem.

Sigilo

No início da tarde de hoje (23), o juiz federal Sérgio Moro decretou sigilo sobre a lista e pediu ao Ministério Público Federal que se manifeste sobre a possível remessa da documentação ao Supremo Tribunal Federal (STF).  

"Não pratiquei quaisquer atos ilícitos", diz Paulo Garcia

Nome do prefeito de Goiânia aparece nas listas de doações da Odebrecht. Petista nega que tenha recebido qualquer doação da empresa

Em nota divulgada na tarde desta quarta-feira, o prefeito de Goiânia Paulo garcia (PT) negou que tenha recebido doações da Odebrecht. O nome do petista apareceu nos documentos da empresa que foram revelados ontem pela força-tarefa da Operação Lava Jato.

"Afirmo com convicção que, nem na campanha eleitoral de 2012, e em nenhuma outra campanha que participei, recebi qualquer doação da empresa Odebrecht ou de suas subsidiárias", diz trecho da nota. Ainda de acordo com o comunicado, o prefeito diz que "Goiânia, sob a minha administração, nunca teve nenhum serviço contratado junto a essa empresa."

Confira a íntegra da nota à imprensa do prefeito Paulo Garcia:

Na campanha eleitoral de 2012, quando fui candidato à reeleição, declarei todos os gastos e todas as arrecadações ao TRE conforme manda a legislação. No site do TSE é possível ver a lista de todos os doadores da minha campanha. Essa prestação de contas já foi devidamente aprovada. Afirmo com convicção que, nem na campanha eleitoral de 2012, e em nenhuma outra campanha que participei, recebi qualquer doação da empresa Odebrecht ou de suas subsidiárias. Na eleição de 2012, minha campanha recebeu a doação de R$ 3.562.500,00 do Diretório Nacional do PT, R$ 290.000,00 do Diretório Regional do PT e o restante conforme listado na prestação de contas do TSE. O Município de Goiânia, sob a minha administração, nunca teve nenhum serviço contratado junto a essa empresa. Reafirmo mais uma vez que todas as despesas de minha campanha foram as declaradas ao TRE. Não pratiquei na campanha de 2012 e em nenhuma outra quaisquer atos ilícitos. 

Fonte: Jornal O Hoje


Presidente da Câmara diz que quem frequenta bares de madrugada é “corno ou delinquente”

19:22 0 Comments A+ a-


Vídeo de um homem retrucando a fala do vereador Anselmo Pereira tem repercutido no Facebook e gerado onda de críticas contra tucano

Um vídeo publicado por um usuário do Facebook tem gerado polêmica e inúmeras críticas contra o presidente da Câmara de Goiânia, Anselmo Pereira (PSDB). Na gravação, um homem não identificado aparece em reunião no auditório da Casa de leis, retrucando o tucano, que teria dito que quem frequenta bares é “corno ou delinquente”.

Ao que tudo indica, o episódio ocorreu durante audiência pública, na última semana, que discutiu o projeto de lei que pretende estabelecer horário para o fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes em Goiânia.

No vídeo, o homem afirma que ficou muito surpreso com a fala do presidente e retruca o comentário.

“O senhor devia pensar bem, porque meu pai vai ao bar, beber a cerveja dele, eu vou ao bar, e não sou corno, bandido, delinquente, como o senhor diz. O senhor meça as palavras, que quem bebe cerveja não é bandido não”, disse, ao passo que o tucano rebateu: “Eu também bebo, mas não bebo depois das duas da manhã”.

Em posse da palavra, o homem afirma ainda que Anselmo teve oito mandatos para propor uma lei como a sugerida, mas não o fez. “O senhor devia pensar melhor e se retratar. Tem corno que vai para boteco, mas mesmo assim ele é gente, ele vota. Na hora de pedir voto, vai pedir voto para corno”, continuou.

“Aqui fica minha indignação. Estou aqui como prova e vou levar a palavra do senhor para meus vizinhos e comerciantes de que quem vai em bar é corno e delinquente”, finalizou.

O Jornal Opção procurou o vereador Anselmo Pereira, que não negou o episódio, mas preferiu não falar a respeito. Para ele, o assunto é um pormenor e há pautas mais importantes para serem debatidas.

Confira o vídeo AQUI

Fonte: Jornal Opção

Caldas Novas é o sexto destino mais procurado pelos brasileiros na Semana Santa

22:34 0 Comments A+ a-


Município goiano ficou à frente da cidade do Rio de Janeiro e de outros destinos tradicionais no País, em ranking feito pelo site especializado Hotel Urbano

Levantamento feito pelo site Hotel Urbano revelou que as águas quentes de Caldas Novas estão em alta para o feriado da Semana Santa. Conforme os dados realizado pela agência, que é líder no mercado de viagens online no País, a cidade é a sexta mais procurada pelos turistas.

A cidade goiana ficou à frente de destinos bastantes populares em terras tupiniquins, como a cidade do Rio de Janeiro, Campos do Jordão, em São Paulo, e Gramado, no Rio Grande do Sul.

No topo do ranking aparecem a Região dos Lagos, no interior do Rio de Janeiro, Natal e Porto Seguro.Os números são relativos às buscas por pacotes de viagem e hospedagens para o período realizadas no site do Hotel Urbano, que conta com uma base de mais de 18 milhões de viajantes cadastrados. Confira abaixo a lista completa:

1- Região dos Lagos (Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo-RJ)
2- Natal-RN
3- Porto Seguro-BA
4- Costa Verde (Mangaratiba, Paraty e Angra dos Reis-RJ)
5- Litoral Norte de São Paulo (Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba-SP)
6- Caldas Novas-GO
7- Campos do Jordão-SP
8- Gramado-RS
9- Rio de Janeiro-RJ
10- Capitólio-MG


Prefeitura revitaliza iluminação pública de parques de Goiânia

22:32 0 Comments A+ a-


Ação tem o objetivo de realçar as áreas públicas e proporcionar mais segurança e bem estar aos frequentadores das áreas verdes

A Prefeitura de Goiânia divulgou nesta terça-feira (22) que já estão sendo revitalizados a iluminação pública dos principais parques municipais da cidade. O Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, e o Parque Lago das Rosas, no setor Oeste, já tiveram os trabalhos concluídos.
Nos dois locais, foram revisados e substituídos todos os reatores e lâmpadas dos conjuntos de luminárias. Por sua vez, no Parque Flamboyant, além da iluminação, a Prefeitura realizou também reparos nos bancos de madeira e nas calçadas.

No Lago das Rosas, a Comurg trabalhou no alinhamento e na substituição de paver na pista de cooper e tapa buracos no estacionamento.

Nesta semana, os serviços de iluminação se concentram no Parque Vaca Brava, no Setor Bueno. Servidores municipais fazem a escavação para posteriormente recuperar toda iluminação pública. Também será feito no local reparos nos bancos de madeiras e nas calçadas.

Já na região de Campinas, a Prefeitura segue a recuperação da iluminação do Parque Campininha das Flores José Mulse, localizado no final da Avenida 24 de Outubro, às margens do Córrego Cascavel, no Bairro Aeroviário. No total, serão implantados 72 postes com três luminárias cada. Os postes possuem um padrão colonial e as lâmpadas serão de vapor metálico na cor verde. (prefeitura)


Fechamento de bares às 23h30 pode reduzir criminalidade em 90%, diz vereador

22:23 0 Comments A+ a-



Ainda repercute na mídia e na Câmara Municipal o projeto de lei apresentado pelo vereador Paulinho da Farmácia (Pros) que pretende estabelecer horário para o fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes em Goiânia.

Pelo texto, os estabelecimento teriam permissão para permaneceram abertodas 6 horas à meia noite nos sábados e feriados, e das 6 horas às 23h30 nos demais dias da semana.

Em entrevista, durante sessão desta terça-feira (22/3), o vereador afirmou que realizou pesquisas, tendo como base outras cidades que adotaram a medida, e foi constatado que a redução no índice de criminalidade do município pode chegar a 90%.

Questionado quanto ao direito de “ir e vir” previsto na Constituição, o vereador pondera que a capital está entre as cidades mais violentas do País e é preciso tomar “certas medidas”. “Mas não queremos prejudicar, queremos uma alternativa.”

Uma das sugestões ao projeto de lei, proposta durante audiência pública na última semana, quer que o funcionamento seja das 6h até às 24h, de segunda a sexta, e das 6h até às 2h, nos finais de semana.

Segundo o autor da proposta, o comércio goianiense tem visto a proposta com preocupação, mas acredita que por meio do diálogo será possível chegar a um denominador comum.

Fonte: Jornal Opção

Ufa! Infraero: “Não há possibilidade de embargo na obra do novo Aeroporto de Goiânia

22:03 0 Comments A+ a-



Com mais de 95% das obras concluídas, o novo Aeroporto Santa Genoveva teve sua conclusão confirmada pela empresa para o dia 4 de abril e inauguração oficial agendada para o dia 31 de maio.

A informação vem após a Polícia Federal deflagrar, ainda nesta terça (22), a 26ª fase da Operação Lava Jato, na qual foram identificados pagamentos de propina pela empreiteira Odebrecht em diversas obras do governo federal — incluindo o aeroporto da capital goiana.

Segundo as investigações, o diretor de contrato da empreiteira, Ricardo Ferraz, aparece em planilhas como responsável por solicitação de pagamentos de R$ 1 milhão a alguém identificado como “Padeiro” e de R$ 400 mil a um certo “Comprido”. Os valores teriam sido repassados em 2014.

No entanto, a Infraero alegou, na nota, desconhece qualquer investigação relativa às atuais obras de construção do novo complexo aeroportuário de Goiânia.

Veja a nota na íntegra:

A Infraero desconhece qualquer investigação relativa às atuais obras de construção do novo complexo aeroportuário de Goiânia. A obra está sendo finalizada, com conclusão total dos trabalhos prevista para abril e inauguração agendada para 31/5. Dessa forma, não há possibilidade de embargo aos trabalhos.

É importante esclarecer que, em relação à construção do novo terminal de passageiros do Aeroporto Santa Genoveva, desde o início do empreendimento todos os processos têm sido acompanhados pelo Tribunal de Contas da União, visando à transparência dos serviços.

Infraero

Fonte: Jornal Opção
Foto: Aerovista (Foto antiga)

Obra no aeroporto de Goiânia teve pagamento de propina, diz Lava Jato

21:52 0 Comments A+ a-



Arena Corinthians também teve pagamento de propina, segundo o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima

Em entrevista na manhã desta terça-feira (22), sobre a 26ª fase da Operação Lava Jato, denominada Xepa, investigadores disseram que as construções do aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia e da arena Corinthians, em São Paulo, foram viabilizadas com o pagamento de propina pela Odebrecht.

A afirmação é do procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos coordenadores da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba.

Segundo ele, os rastros de repasses ilegais apareceram em planilhas apreendidas que indicam o envolvimento da diretoria da Odebrecht que cuida da gestão do contrato com o Itaquerão. O procurador disse que ainda está em análise inicial a lista dos destinatários dos pagamentos.

Nesta fase, disse o procurador, o único estádio que apareceu foi o do Corinthians. Segundo ele, há indicativos de pagamentos de propina em outros estádios da Copa, segundo "indicativos de delações que ainda estão em andamento".

Assista à entrevista da Polícia Federal:




"Departamento" de propina

Com base em planilhas e cruzamento de dados, investigadores da Operação Lava Jato afirmam que a Odebrecht montou uma "estrutura profissional" de pagamentos sistemáticos de propina no Brasil e no exterior.

O "sistema estruturado" de corrupção, nas palavras do procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, envolvia funcionários com divisão clara de atribuições, um sistema informático para controle da entrada e saída de milhões de reais e toda uma estrutura de contabilidade clandestina.

Segundo ele, os pagamentos se referiam a obras públicas do governo federal e de governos dos Estados. Entre os contratos suspeitos de propina, além da Petrobras, estão o aeroporto de Goiânia, as obras do Trensurb (trem metropolitano de Porto Alegre), estradas e o estádio do Corinthians.

"Era uma estrutura profissional de pagamento de propina, não se limitava a casos esporádicos, mas a pagamentos sistemáticos", disse a procuradora Laura Tessler, uma das integrantes da força-tarefa do Ministério Público Federal, do Paraná.

Apenas em uma das planilhas, a Polícia Federal identificou o que seriam pagamentos ilegais de R$ 65 milhões. Doleiros providenciavam dinheiro vivo e os repasses foram feitos pelo menos até novembro de 2015.

"Isto é assustador porque, mesmo após a prisão de Marcelo Odebrecht, tiveram a ousadia de prosseguir com o esquema", disse a procuradora. As prisões do presidente do grupo, Marcelo Bahia Odebrecht, e da cúpula do conglomerado ocorreram em junho do ano passado.

Segundo ela, Marcelo Odebrecht não "só tinha conhecimento como solicitava o pagamento de vantagens indevidas". A afirmação dela se baseia na existência da sigla MBO em planilhas de pagamento e o cruzamento dos dados novos da investigação com as anotações encontradas no celular do executivo.

As investigações sobre os recebedores do recursos ainda estão em estágio inicial. A PF cruzou, por exemplo, dados existentes nas planilhas intituladas "paulistinha" e "carioquinha" -espécie de extratos clandestinos de contas de pagamento de propina- com os dados dos destinatários.

Em alguns casos, disse o delegado Márcio Anselmo, dados dos destinatários, como prenomes e nomes de hotéis, números de quartos e datas, coincidiram com informações sobre os hóspedes registrados nos hotéis no mesmo dia.


Clínicas populares realizam consulta médica a R$ 80

13:01 0 Comments A+ a-


Clínicas com preços populares surgem em Goiânia. Conselho afirma que é uma tendência devido aumento de médicos no mercado, mas orienta população

Embalado por um sistema público de saúde capenga e uma forte crise econômica, clínicas com preços populares absorvem pacientes que sofrem pela falta de atendimento ou buscam valores mais acessíveis. O preço da consulta a R$ 80 é uma alternativa considerando que profissionais de outras clínicas particulares podem cobrar preços quatro vezes mais elevados, dependendo da especialidade. O Conselho Regional de Medicina (CRM) afirma é que essa é uma tendência em função do aumento do volume de médicos no mercado, mas faz um alerta e orienta a população (veja matéria abaixo).

Somente este ano, pelo menos duas clínicas populares foram instaladas em Goiânia. Em comum, o preço de consultas médicas especializadas como cardiologia, oftalmologia, pediatria e urologia com preços mais acessíveis, além de um ponto de fácil acesso e alto fluxo de pessoas. Uma vantagem apontada pelos clientes é que os médicos prestam serviço com hora marcada.

Na Clínica Vittá, são ofertadas 19 especialidades da área da saúde. Em sistema de rotatividade, cerca de oito especialistas atendem, diariamente, um volume médio de 50 pacientes. “Nós começamos a funcionar dia 22 de janeiro e tivemos um aumento de 50% somente nesse período de março, se comparado ao mês passado”, diz uma das sócias da clínica, Lara Ramos Caiado de Carvalho.

Lara conta que maior parte do público vem da classe C e D, muitos reclamando da demora de atendimento do sistema público de saúde. Porém, diz, já observa um movimento da classe B, em busca de consultas médicas com preços mais acessíveis.

É nesse ponto que se enquadra o casal, Dione Oliveira e Vanessa Baêta. Até setembro do ano passado, a família gozava de plano de saúde disponibilizado pela empresa na qual trabalhava o consultor. “Foi quando sai de lá e, agora, precisamos da consulta”, diz Dione.

Vanessa, que é cirurgiã dentista, relata que, em função de uma união de fatores imbatíveis - aumento do custo de vida e redução da renda – fez pesquisa de preços de consultas oftalmológicas para ela e a família. “Achei até de R$180, mas o nosso dinheiro já não é mais o mesmo, revela.

Ao lado do casal, estava a dona de casa, Lourdes Santos. Também pesquisou preços antes de escolher a clínica com valores populares, a diferença é que já tinha tentado uma vez pela rede pública de saúde. “Lá eles não tinham nem uma data para me dizer quando eu seria atendida”, conta.

Pontos são instalados próximos aos Cais

A reportagem de O POPULAR constatou a abertura de várias clínicas ao redor de Cais da capital. O ponto estratégico busca atrair pacientes fragilizados com a ineficiência do serviço de saúde pública. Numa das clínicas localizada na proximidade do Cais do Jardim América, por exemplo, uma placa em frente a um consultório apontava:“ Consultas dengue/zica. Não sofra na fila, R$ 50”.

Foi onde deslocou Sandra Ribeiro, que acompanhava a sobrinha, Luma Martines Gabriel, que sentia sintomas característicos: fortes dores no corpo, febre e cansaço. “A fila estava enorme e o atendimento muito burocrático”, diz. Diante da agrura, afirma, preferiu pagar .

A Superintendência de Regulação e Políticas de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia não informou o número de pessoas que aguardam hoje na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento, resumindo que depende de cada especialidade. A superintendência repassou ainda que, em alguns casos, a marcação ocorre em intervalo mínimo de uma semana, mas não informou quanto tempo pode se alongar nos casos de maior demanda


Paulo Garcia diz que herdou dívida de Iris; ex-prefeito rebate acusação

12:50 0 Comments A+ a-



O prefeito Paulo Garcia (PT) disse nesta sexta-feira na Câmara Municipal de Goiânia – durante prestação de contas para os vereadores – que o ex-prefeito Iris Rezende deixou dívidas que ainda hoje oneram os caixas da Prefeitura de Goiânia.

O gestor afirmou que recebeu inúmeras dívidas, mas garantiu que vai deixar a “casa organizada para o próximo prefeito”.

Questionado pelo vereador Djalma Araújo (Rede) sobre as dívidas com o Instituto Municipal de Assistência à Saúde e Social dos Servidores Municipais de Goiânia (Imas), Paulo Garcia disse também que resolverá em breve o problema.  Mas não entrou em detalhes.

Contudo reafirmou que ao tomar posse como prefeito em seu primeiro mandato encontrou os caixas vazios: “Não tinha um centavo em caixa na Saúde. Nunca falei isto para ninguém”.

Após receber um elogio da vereadora doutora Cristina, por reconhecer as dívidas de gestores passados, o prefeito desabafou: “A senhora sabe o que é sentir traído, por uma pessoa que você tem profunda admiração. É assim que me sinto”.

A indireta parece certeira: o ex-prefeito Iris Rezende.  Os peemedebistas já abandonaram o PT e iniciam processo de expurgo da aliança  com o partido de Paulo Garcia.   “Por muito tempo eu fiquei calado porque não vivo de passado. Eu sou assim”, disse Paulo.

O petista afirmou que pagar dívidas é algo complicado, mas pagar as obrigações dos “outros” é mais difícil ainda.

As frases do prefeito foram rebatidas durante à tarde.

Em entrevista ao DM, o vice-prefeito Agenor Mariano (PMDB) disse que Paulo “fracassou na gestão e na política”.

Ele também respondeu a atribuição de que Iris tenha traído a gestão petista: “Ser traído é depositar confiança em alguém e o outro não corresponder. Nunca o PT teve uma administração tão  reprovada. Tão abaixo da média. Isso foi uma traição com Iris, com o povo de Goiânia, com todo mundo”.

Agenor diz que o PMDB é que herdou dívidas da gestão de Pedro Wilson, antecessor de Iris Rezende no Paço Municipal.  “As contas do prefeito Iris Rezende foram aprovadas pelos tribunais de contas.  Essa dívida do Imas é de agora. Se era assim em 2002, 2004, 2006 qual o motivo dos médicos não estarem de greve naqueles anos?”, disse.

No período da tarde, o ex-prefeito falou em uma emissora de rádio (Vinha FM) que se arrependeu em ter colocado Paulo Garcia no cargo. E mais ainda: que não deveria ter abandonado a Prefeitura de Goiânia para disputar as eleições ao governo de Goiás, realizadas em 2010: “Errei em deixar a Prefeitura, errei em apoiar quem eu não conhecia como administrador. Conhecia como pessoa e admirava. Mas como administrador não saiu alguém melhor para o povo. Mas é aquilo, quem nunca errou, quem nunca erra? Eu também erro, eu sou humano. Mas um erro que eu não vou cometer mais”.

MERENDA

O prefeito foi questionado sobre o superfaturamento da merenda em que pagam quase R$ 16 pelo arroz tipo 1.

Ele disse que só tomou conhecimento dessa informação agora e disse que os vereadores vão primeiro ao Ministério Público antes de avisarem a Prefeitura.

Fonte: DM

Projeto de Lei quer que bares e restaurantes em Goiânia fechem às 23h30

12:43 0 Comments A+ a-


Texto que tramita na Câmara Municipal impõe fechamento de estabelecimentos à meia noite aos sábados e vésperas de feriado e às 23h30 nos demais dias da semana

Tramita na Câmara Municipal de Goiânia um Projeto de Lei (PL) que pretende estabelecer horário para o fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes em Goiânia. De autoria do vereador Paulo da Farmácia (Pros), o texto define que os estabelecimentos tenham permissão para permanecerem abertos das 6h à meia noite nos sábados e feriados e das 6 horas às 23h30 nos demais dias da semana.

A lei vigente atualmente prevê que bares, restaurantes e similares podem funcionar sem limitação de horário, observada a legislação trabalhista. Na justificativa do texto, o intuito da proposta é de combate à violência em Goiânia por meio de um maior controle do consumo de bebida alcóolica.

Na última quarta-feira (16/3) foi realizada uma audiência pública para debater a proosta polêmica. Participaram da discussão, representantes dos comerciantes, da segurança pública e vereadores da Casa.

A representante da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Jaldete Rodrigues, disse que vê com preocupação a proposta de lei, levando em consideração a atual crise econômica que já tem prejudicado o faturamento dos bares. Para ela, com essas mudanças haverá desemprego em massa.

Já o presidente da Câmara Municipal, vereador Anselmo Pereira (PSDB), apoia o Projeto de Lei e afirmou ainda que cerca de 30% da criminalidade se inicia nas portas dos bares após a 1h da manhã.

O tenente-coronel da Polícia Militar Ricardo Rocha entende que é “um assunto delicado e que envolve muitos interesses. Sou favorável à delimitação de horários diante da diminuição de crimes. Esse projeto é viável e necessário, mas é preciso encontrar um meio termo que não prejudique os proprietários de bares e restaurantes”.

No final da audiência, o comandante do policiamento apresentou ao propositor da matéria, vereador Paulo da Farmácia, uma sugestão de alteração para satisfazer todos os interesses. Ele propôs que o funcionamento seja das 6h até às 24h, de segunda a sexta, e das 6h até às 2h, nos finais de semana. (Com informações Câmara Municipal)

Foto: Google Imagens

Prefeitura segue com obras na Ciclovia

12:04 0 Comments A+ a-


A Prefeitura de Goiânia iniciou a concretagem da Ciclovia da T-63 pertencente ao trecho do setores Nova Suíça até o Pedro Ludovico e a construção das calçadas na Praça Dona Irene Machado, na Nova Suíça. As duas obras são executadas pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), das secretarias municipais de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) e de Infraestrutura (Seinfra).  O novo trecho da Ciclovia, que conta com 2,2 quilômetros, ligará a Praça Nova Suíça ao Terminal Isidória. Com esta etapa, o prefeito Paulo Garcia conclui o trecho cicloviário da avenida T-63, que integra o corredor preferencial de ônibus.

Desde o dia 29 de fevereiro, cerca de 60 servidores da Comurg estão no local retirando a grama do canteiro central, realizando a terraplanagem, substituindo as estacas das mudas das árvores e fazendo valetas para implantar a iluminação ornamental. Segundo o presidente da Companhia, Edilberto Dias, a grama removida é reutilizada na composição da área de proteção da ciclovia e o que sobra é plantada na Avenida da Divisa, que liga a BR-153 ao Aeroporto de Goiânia”, explica.

Por sua vez, na Praça Dona Irene Machado, localizada entre as Ruas 264, 268 e 178 no Setor Nova Suíça, servidores municipais iniciaram a pavimentação das calçadas e das pistas de caminhada. Cerca de 20 toneladas de massa asfáltica estão sendo utilizadas nesta quinta-feira, 17, no pavimento da Praça. A previsão da Seinfra é, no total, 105 toneladas sejam aplicadas.

No local também já foi feita toda limpeza e terraplanagem com remoção de 16 caminhões de entulhos, abertura de valetas para implantação da fiação elétrica e valas para a construção de meio-fio. A revitalização da Praça ainda inclui playground, academia ao ar livre, dez bancos de madeira, vagas de estacionamento e quatro rebaixamentos na calçada para garantir mobilidade às Pessoas Com Deficiência (PCD). Para embelezar, novo paisagismo com plantas ornamentais, árvores nativas do Cerrado e gramas serão plantadas.

O secretário de Infraestrutura, Washington Ramalho, conta que a Seinfra fornece o material necessário e a execução das duas obras fica a cargo da Comurg. Em recente visita ao local que está sendo revitalizado, o prefeito Paulo Garcia reforçou que a Prefeitura vem cuidando dos espaços públicos de Goiânia. 

Fonte: Jornal O Hoje

Representantes de fábrica sul-coreana de lâmpadas LED apresentam projeto de iluminação pública ao prefeito

12:01 0 Comments A+ a-


O  prefeito de Aparecida, Maguito Vilela, recebeu na tarde desta quarta-feira (16) os representantes da indústria sul-coreana Cosmoin, fábrica de luminárias com tecnologia LED. O presidente, Choi Seong Cyu, e o vice, Lee Hyyeong Ju vieram apresentar pessoalmente o projeto de gestão de iluminação pública municipal que sua companhia realiza em diversas prefeituras do país.

“Trata-se de uma tecnologia muito útil, não apenas pela economia ao contribuinte, mas também pelo baixíssimo índice de poluição das lâmpadas. Com certeza é um serviço de interesse do município” – disse o prefeito. A reunião foi coordenada pelo secretário de Governo e Integração Institucional, Euler Morais, que é presidente do Comitê Gestor de Parcerias Público-Privadas do município de Aparecida.

Foi apresentado o modelo de funcionamento da iluminação pública via LED (Light Emitting Diode) e o processo de telegestão. Houve uma demonstração de como funciona o processo digital. Um dos diferenciais do sistema é que ele permite que as lâmpadas sejam programadas para aumentar e diminuir a potência da iluminação conforme a necessidade do local e do horário, permitindo muito mais economia e aumento da vida útil das mesmas. Tudo isto, à distância.

Participaram da reunião os secretários Rodrigo Caldas (Desenvolvimento Urbano), Cilene Alves (Regulação Urbana), Ralph Vicente (Indústria e Comércio), Afonso Boaventura (Planejamento), Jorio Rios (Administração) e Fabio Camargo (Meio Ambiente); além do procurador-geral do município, Tarcisio dos Santos.