29 de dezembro de 2015

MEC suspende vestibular de 3 cursos e pune outros 13 em Goiás


Instituições não conseguiram obter o nível satisfatório nas avaliações de 2011 e 2014 e obtiveram nota igual ou menor que 2

O Ministério da Educação (MEC) suspendeu matriculas de três cursos de instituições de ensino superior em Goiás devido ao fraco desempenho no Índice Geral de Cursos (IGC). Outros 13 cursos receberão medidas cautelares preventivas, também por terem ficado com notas insatisfatórias em duas avaliações subsequentes.

Em todo o País, 68 cursos não conseguiram obter o nível satisfatório nas avaliações de 2011 e 2014 no Conceito Preliminar de Cursos (CPC) e obtiveram nota igual ou menor que 2. Sendo assim, o ingresso de novos estudantes está suspenso.

Nessa situação, temos as seguintes instituições e cursos em Goiás:

PUC-GO: Engenharia Civil
Fasam: Sistemas de Informação
Unianhanguera: Engenharia de Computação

Outros 343 cursos de graduação que também obtiveram resultados insatisfatórios no CPC, referência 2014, receberam medidas cautelares preventivas. São 257 cursos de universidades e 86 de centros universitários que perdem as prerrogativas de autonomia.

Nessa situação, temos as seguintes instituições e cursos em Goiás:

PUC-GO: Arquitetura e Urbanismo
PUC-GO: Engenharia Civil
PUC-GO: Filosofia
PUC-GO: Engenharia de Produção
PUC-GO: Engenharia Elétrica

Unip: Engenharia de Controle e Automação

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia: Análise e Desenvolvimento de Sistemas

UFG: Ciências Biológicas
UFG: Geografia

Unianhanguera: Engenharia da Computação
Unianhanguera: Ciências Biológicas
Unianhanguera: Química
Unianhanguera: Engenharia Mecânica

Fonte: Jornal O Popular