15 de dezembro de 2015

Centro de Excelência do Esporte em Goiânia: Confrontos de alto nível


Com cerca de 90% das obras concluídas, o Estádio Olímpico, que faz parte da estrutura que integra o Centro de Excelência do Esporte em Goiânia, está recebendo as cadeiras do setor de arquibancadas. As obras de instalação começaram na sexta-feira da semana passada, e devem ficar prontas nos próximos dias, segundo previsão da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

As instalações de cadeiras, além da regulagem dos refletores e outros  trabalhos, como a implantação de pisos e louças, estão sendo realizados por uma empresa terceirizada. Terminando esta fase do trabalho, será realizada a impermeabilização em todo o Centro Olímpico. O laboratório, segundo a Agetop, está com 98% de obras construídas.

Demolido em 2006, o Estádio Olímpico vem sendo reconstruído desde aquela época. A inauguração foi adiada por várias vezes por conta de entraves burocráticos com as empresas que ganharam a licitação da obra. O gramado, do tipo bermuda celebration, foi plantado este ano e tem as dimensões de 103 metros de comprimento e 71 metros de largura.

Quando pronto, o Estádio Olímpico terá capacidade para receber 12 mil pessoas. A projeção de gastos com a obra é de R$ 105 milhões. (Edivaldo Barbosa)

Fonte: Jornal O Hoje