16 de setembro de 2015

Saem as árvores, chega a ciclovia



As obras de construção do corredor preferencial de ônibus da Avenida T-7 estão exigindo a retirada de 36 palmeiras de guarirobas da Avenida Assis Chateaubriand, entre a Rua 1, no Setor Oeste, e a rotatória do Bosque dos Buritis, no Centro da capital. As palmeiras, já adultas e um símbolo da via, estão sendo replantadas na Praça Tamandaré após avaliação fitossanitária de profissionais da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) e sob observação de um engenheiro florestal da Companhia Municipal de Urbanização de Goiânia (Comurg). Já foram transferidas 29, mas outras sete terão o mesmo destino.

Diretor técnico da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), Sávio Afonso explica que a retirada das palmeiras foi necessária porque elas foram plantadas de forma desalinhada, impedindo a continuidade das obras da ciclovia. “No lugar das 36 arrancadas vamos plantar outras 54 nas laterais, de quatro em quatro metros, formando um corredor para servir de proteção aos ciclistas”, explica. De acordo com Sávio Afonso, a recomposição do trecho com novas palmeiras será feita após o término do pavimento da ciclovia.

Fonte: Jornal O Popular