21 de setembro de 2015

Prefeitura de Anápolis inicia nesta terça-feira, 22, a maior obra da história da cidade


Construção de viadutos e corredores para o transporte público na Avenida Brasil darão início às obras de mobilidade urbana

A Prefeitura de Anápolis vai dar início na próxima terça-feira, 22, à maior obra de mobilidade urbana de sua história. A assinatura da ordem de serviço que permitirá o início das intervenções pela implantação dos seis grandes corredores para o transporte público acontece na área que fica no cruzamento da Avenida Brasil, esquina com a Rua Barão do Rio Branco, às 09 horas.

Serão mais de R$ 74 milhões aplicados na construção de 47 quilômetros de corredores exclusivos para o transporte coletivo. Devido à sua grandiosidade, o projeto será executado em etapas e a primeira delas será a construção dos dois primeiros corredores ao longo da Avenida Brasil em seu eixo Norte – Sul, que compreende, também, a construção dos dois grandes viadutos que vão ser instalados nos cruzamentos das avenidas Brasil e Goiás e Rua Barão do Rio Branco e também no cruzamento da Avenida Brasil como a Rua Amazílio Lino.

Segundo o secretário municipal da Obras, Leonardo Viana, as construções dos dois corredores e dos dois viadutos na Avenida Brasil serão simultâneas. “Esta primeira etapa tem prazo de conclusão para até o final do primeiro semestre de 2016”, disse. Ele ainda exemplificou as demais etapas que compreendem a execução das obras de mobilidade em Anápolis. “A implantação dos demais corredores, ou seja, nas avenidas Pedro Ludovico, Presidente Kennedy, Fernando Costa, São Francisco e JK, também serão iniciadas nos próximos meses. Nossa previsão é que tudo fique pronto ainda em 2016”, destacou o secretário.

O diretor-geral da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), Alex Araújo reafirmou o principal benefício que a população anapolina vai ganhar com a execução das obras. “Vamos reduzir, consideravelmente, o tempo de operação do sistema viário. Popularmente falando, vamos reduzir o tempo em que os cidadãos levam em seus deslocamentos diários”, disse, afirmando que as obras atenderão tanto os usuários do sistema de transporte público, quanto os condutores de veículos. “Todos vão sair ganhando”, finalizou.

Interdições

Alex Martins ainda ressalta sobre uma das principais preocupações da população no período de execução das obras: as possíveis interdições. Ele afirma que todos podem ficar tranquilos, pois estas serão realizadas de forma parcial. “Não vamos bloquear o tráfego durante as obras. Na avenida Brasil, por exemplo, a quantidade de faixas de rolamento nos permite realizar interdições simples que não inutilizará o uso desta importante via”, ressaltou.

Fonte: Prefeitura de Anápolis