7 de agosto de 2015

Saude: Hugol realiza mais de 600 cirurgias no primeiro mês


Um mês após ser inaugurado, o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) passa a contar com mais 13 leitos para atender os pacientes em situação grave: quatro leitos de cuidados semi-intensivos, na Unidade de Queimados, e nove na Unidade de Terapia Intensiva adulta. A autorização feita pelo secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela, foi anunciada nesta quinta-feira, dia 6, durante visita técnica à unidade.

Em um mês, o hospital atendeu 2.263 pacientes em situação grave. Do total de atendimentos, 581 foram inter10nados por problemas diversos, e 607 passaram por cirurgias. Após a reunião, a equipe percorreu os principais setores da unidade. Leonardo Vilela conversou com pacientes e familiares e constatou a satisfação de todos com o alto grau de resolutividade do hospital. “O Hugol tem prestado assistência humanizada, dedicada aos pacientes e familiares”, afirmou Vilela, citando o exemplo do plantão diurno do Hugol, no dia 5 de agosto. No período de 12 horas – das 7 às 19 horas – foram realizadas 26 cirurgias, todas de emergência. Em um mês, 41 pessoas foram internadas na Unidade de Queimados. Destas, 37 são adultas e 4, crianças.

Das 2.263 pessoas atendidas, 1.308 são da capital, e, 955, do interior. Os pacientes de Goiânia que mais recorreram ao Hugol são de bairros da Região Noroeste, localizados próximo à unidade hospitalar, entre os quais os Setores Santos Dumont, Jardim Curitiba, Jardim Nova Esperança, Vila Finsocial e Setor Morada do Sol. Grande parte dos pacientes provenientes do interior reside na Região Metropolitana de Goiânia (Trindade, Goianira, Inhumas e Aparecida de Goiânia) e nos municípios de Itaberaí, Anicuns, cidade de Goiás, Iporá, Palmeiras de Goiás e Jussara, entre outros. Vinte pacientes de outros Estados também foram atendidos no Hugol. Eles vieram de Mato Grosso, Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Pernambuco, Santa Catarina, Tocantins e Distrito Federal.

Fonte: Goiás Agora