17 de agosto de 2015

Novos Ônibus: Renovação até novembro, diz CMTC


A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), responsável pela operação e fiscalização do transporte público na região metropolitana de Goiânia, afirmou que os 85 ônibus com mais de 10 anos de uso que circulam na rede estão em processo de substituição até novembro. O POPULAR mostrou na edição de ontem que ônibus com até 18 anos de idade ainda são usados pelas empresas de transporte coletivo apesar de não estarem previstos no contrato firmado com o poder público.

Pelo contrato, assinado em 2008, estava previsto que a maioria dos ônibus teria no máximo 5 anos de uso e o mais velho seria um com fabricação em 2006.

A CMTC alega que o prazo de mais três meses é necessário para fabricação e entrega dos veículos novos. A retirada imediata dos antigos impactaria a operação, podendo causar o colapso do sistema que hoje opera com a totalidade da frota em horário de pico.

Ainda de acordo com a CMTC, anualmente é feita uma vistoria cujos requisitos são as condições operacionais dos veículos. Haveria também uma vistoria em toda a rede numa média mensal de 550 veículos. A partir deste ano, houve o acréscimo da exigência de acessibilidade.

A CMTC informa que a frota da região metropolitana é de 1.440 ônibus. Desses, 112 não estão adaptados à acessibilidade plena - incluindo os 85 com mais de 10 anos, o que justifica a manutenção de selos de vistoria datados de 2014. Os ônibus mais novos já têm selos de 2015.

A Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC), que congrega as empresas responsáveis pelo serviço, foi procurada pela reportagem, mas não respondeu aos contatos até o fechamento desta edição.

Fonte: O Popular