6 de agosto de 2015

Enem 2014: Olimpo de Goiânia é a 3ª melhor escola do Brasil e a mais cara do Brasil


Dados divulgados pelo MEC nesta segunda-feira colocam a unidade goianiense da rede entre as três mais bem colocadas do País

O Ministério da Educação, por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), divulgou na manhã desta quarta-feira (5/8) o ranking do desempenho das escolas brasileiras no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. A unidade de Goiânia do Olimpo, modelo integral, surpreendeu e aparece em terceiro lugar entre as mais bem colocadas do Brasil.

A média nas provas objetivas do Olimpo é 735,00, colocando a escola goiana entre as três melhores do País. O WR é a segunda goiana mais bem colocada no ranking, mas aparece na 42ª posição — com média de 685,5. O Colégio Jaó é a terceira unidade goiana na lista, 106º, com média de 659,3.

O primeiro lugar nacional ficou com o Objetivo Integrado, de São Paulo (SP), e o segundo, Farias Brito Colégio Aplicação, de Fortaleza (CE).

Entre as melhores no Enem, Olimpo de Goiânia é a escola mais cara do Brasil

De acordo com levantamento feito pela EXAME.com, integral do colégio goianiense supera preços do tradicional Objetivo Integrado de São Paulo

Um levantamento feito pelo site da revista Exame mostra que, entre as dez escolas com melhor desempenho no Enem 2014, o curso integral do Olimpo de Goiânia é o mais caro do Brasil. Um ano de mensalidade custa aos pais dos alunos R$ 32.400 — são 12 parcelas de R$2.700.

Divulgado na última quarta-feira (5/8) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o ranking apontou a unidade goianiense como a terceira melhor do País. A média dos alunos do curso integral foi de 735,02.

De acordo com a reportagem, o valor mais barato, referente ao 3º ano do Ensino Médio, entre os dez melhores é o do Pensi (Ponto de Ensino) do Rio de Janeiro (RJ), que ficou em 7º lugar do ranking (média de 720,73) — mensalidade de R$ 900,00.

A mais bem colocada no Enem, Colégio Objetivo Integrado, de São Paulo (SP), tem mensalidade de R$ 2.383,46 (também 12 parcelas), no entanto, ao contrário do Olimpo de Goiânia, cobra material didático (R$ 1.535,14). Se somados todos os valores, para se estudar no colégio paulistano, o aluno terá que desembolsar R$ 30.136,66.

Veja a lista da EXAME.com:

As mais caras
1º – Colégio Olimpo Integral – Goiânia (GO): R$ 2.700 (12 parcelas) | Total: R$ 32.400

2º – Colégio Objetivo Integrado – Mogi das Cruzes (SP): R$ 2.127 (12 parcelas) + R$ 2.127 taxa de matrícula + R$ 288 (12 parcelas) de material didático | Total: R$ 31.107

3º – Colégio Objetivo Integrado – São Paulo (SP): R$ 2.383,46 (12 parcelas) + R$ 1.535,14 de material didático | Total: R$ 30.136,66

4º – Colégio Bernoulli – Unidade Lourdes – Belo Horizonte (MG): R$ 1.629 (12 parcelas) + R$ 1690 de material didático | Total: R$ 21.238

5º – Christus Colégio Pré-Universitário – Fortaleza (CE): R$ 1.205 (12 parcelas) + R$ 1.205 de taxa de matrícula + R$ 1.419 de material didático | Total: R$ 17.084

6º – Coleguium – Belo Horizonte (MG): R$ 1.200 (12 parcelas) + R$ 1.200 de taxa de matrícula + R$ 800 de taxa pedagógica | Total: R$ 16.400

7º – Farias Brito Colégio de Aplicação – Fortaleza (CE): R$ 1.249 (12 parcelas) + R$ 1249 de taxa de matrícula + R$ 1.200 de material didático | Total: R$ 16.188

8º – Colégio Ari de Sá Cavalcante – Fortaleza (CE): R$ 1.115 (12 parcelas) + R$ 1.600 de material didático | Total: R$ 14.980

9º – Colégio Elite Vale do Aço – Ipatinga (MG): R$ 965 (12 parcelas) + R$ 965 de taxa de matrícula + R$ 1.380 de material escolar | Total: R$ 13.925

10º – Pensi (Ponto de Ensino) – Rio de Janeiro (RJ): R$ 900 (12 parcelas) + R$ 1.200 de material didático + R$ 800 de taxa pedagógica | Total: R$ 12.800

Fonte: Jornal Opção