16 de agosto de 2015

ANTT autoriza a construção de dois viadutos e quatros pontes na BR-153 em Aparecida


Diretor-geral Jorge Bastos confirmou a informação durante reunião com o prefeito Maguito Vilela em Brasília

O prefeito Maguito Vilela se reuniu na tarde desta quarta-feira (12), em Brasília, com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, o diretor-presidente da concessionária Triunfo Concebra, Odenir José Sanches, e o superintendente regional do Departamento Nacional de Transportes (Dnit), Flávio Murilo de Oliveira. Durante o encontro, a ANTT autorizou as intervenções no perímetro urbano de Aparecida da BR-153, solicitadas por Maguito em maio deste ano.

O pedido de Maguito, sobre as intervenções, também foi reforçado durante a visita do Ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, à Aparecida, no dia 12 de maio deste ano. Estas intervenções compreendem a construção de um elevado na Avenida Bela Vista, que divide Aparecida e Goiânia; quatro pontes sobre o Ribeirão Santo Antônio, na altura do Country Clube; e um viaduto que ligará o Centro Histórico de Aparecida à região leste do município e também dará acesso à Universidade Federal de Goiás (UFG) de Aparecida.

As obras serão realizadas pela concessionária Triunfo Concebra, que administra a rodovia federal. Após as obras e a conclusão do desvio da BR-153, a manutenção do trecho ficará sob a responsabilidade da Prefeitura de Aparecida. A partir de agora, a concessionária Triunfo Concebra irá concluir os projetos e finalizar a parte burocrática como licenças ambientais e outros. Depois do trâmite administrativo e operacional as obras serão iniciadas pela concessionária.

“Essas intervenções vão resolver os problemas do Ministério, da ANTT e das prefeituras. Depois que o Governo Federal fizer as intervenções necessárias, nós vamos assumir esse trecho e também o Anel Viário, até o Garavelo. O Governo Federal passará a dar manutenção no desvio da BR-153 e nós, prefeitos, neste trecho. Mas para a prefeitura assumir isso, a manutenção de toda essa extensão, o custo é alto. Então em troca queremos que essas intervenções sejam incluídas”, explicou Maguito.

Enquanto o viaduto e as pontes não são construídos, o Dnit se comprometeu a cuidar do trânsito e da sinalização neste trecho da BR-153, em parceria com a Prefeitura. “O Dnit se dispôs a fazer correções necessárias em retornos e rotatórias para evitar acidentes no trecho. É uma parceria transitória, mas muito importante para garantir a segurança de quem transita pelo perímetro urbano de Aparecida”, avaliou o secretário de Governo e Relações Institucionais, Euler de Morais, que também participou da reunião.

ANEL VIÁRIO - Outro assunto tratado durante o encontro foi a concessão do trecho da BR-060 que compreende o Anel Viário em Aparecida até o setor Garavelo. Ficou acertado que a Prefeitura encaminhará à ANTT, na próxima semana, um estudo das intervenções necessárias para tornar o trecho em perímetro urbano, e posteriormente a ANTT incluiria o trecho na concessão da BR-060.

A expectativa inicial é de um custo total de R$ 500 milhões para todo o conjunto de obras. Isso inclui o desvio da BR-153 – que começará no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), logo após o setor Vale dos Sonhos, até a divisa entre Aparecida e Hidrolândia –; o viaduto de acesso ao aeroporto de Goiânia; o elevado da Avenida Bela Vista e o viaduto na altura do Centro Histórico de Aparecida; e as quatro pontes do Country Clube.  A expectativa da Triunfo Concebra é que as obras durem cerca de dois anos e comecem no segundo semestre deste ano

Fonte: Prefeitura de Aparecida