24 de julho de 2015

Ciclofaixa permanente é implementada em Goiânia


Prefeitura implementará espaço para ciclistas em torno dos parques Areião e Vaca Brava a partir deste domingo, 26. Comunidade poderá utilizar ciclofaixa de lazer entre 7h e 16h

Quem passou pelo Parque Areião, na Alameda Americano do Brasil, nesta quinta-feira, 23, deve ter notado sinalização diferente. É que a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), iniciou a implementação do espaço que será reservado aos ciclistas de forma permanente na Capital. A ideia é que os ciclistas possam utilizar espaços semelhantes em todos os parques da cidade. Nesta primeira etapa serão contemplados os parques Areião e Vaca Brava e o espaço poderá ser utilizado já a partir deste domingo, 26. Para celebrar o lançamento do projeto, será realizado um passeio ciclístico com ponto de partida, às 8h, no Parque Areião com trajeto até o Parque Vaca Brava.

Em reunião realizada hoje pela manhã na SMT, o secretário Andrey Azeredo conversou com o presidente da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Nelcivone Melo, a representante do grupo Bike Anjo, arquiteta e urbanista Gabriela Silveira, e os diretores de fiscalização e de engenharia de trânsito e mobilidade do órgão, André Azevedo e Sérgio Bitencourt, para definição de rota do passeio e também sugestões para implementação de ciclovias em Goiânia. “O uso adequado e seguro da bicicleta é questão de política pública da gestão do prefeito Paulo Garcia, que vem mostrando o seu importante trabalho na área de mobilidade na capital”, destaca Azeredo.

A Prefeitura de Goiânia pretende implantar 140 km de rota ciclável até 2016. “Além das ciclovias em andamento, juntamente com as obras dos corredores preferenciais de ônibus, temos a intenção de implantação da ciclorrota - vias geralmente sinalizadas compartilhadas por automóveis, ônibus, motos e bicicletas ao mesmo tempo. O projeto já vem sendo estudado pela SMT”, divulga o secretário.

O projeto da ciclofaixa de lazer é permanente e tem o intuito de educar e conscientizar a população sobre o modal. Gabriela Silveira acredita no projeto das ciclovias que tem sido desenvolvido na capital. “A prefeitura começou a oferecer alternativas de transporte para as pessoas. Inicialmente, é importante que tenhamos possibilidade do uso da bicicleta em vários pontos da cidade e com trajetos diferentes, até mesmo para que os próprios usuários se adaptem melhor e proponham melhoria nos circuitos”, sugere a arquiteta. Segundo ela, as pessoas ainda veem o ciclista como algo incômodo e que não devia estar na via. “Um motorista me disse uma vez que eu não devia estar na via porque corria o risco de morrer. Ao invés de me proporcionar proteção, diminuindo a velocidade e trafegando com distância mínima de segurança para o mais vulnerável, acho que ele preferiria que eu não estivesse lá”, relata.

O ponto de encontro dos ciclístas para o lançamento da ciclofaixa de lazer será na Av. Edmundo Dias com a Av. Areião. Confira, na imagem abaixo, o trajeto do passeio que estará sinalizado com cones e contará com o apoio de agentes de trânsito.

Fonte: Prefeitura de Goiânia