8 de junho de 2015

Centro de Convenções será inaugurado ainda este ano


Governador Marconi Perillo anunciou que ao menos 10 grandes obras, com custo aproximado de R$ 100 milhões cada serão entregues ainda este ano

Uma boa notícia para Anápolis. O Centro de Convenções foi incluído no “pacote” de inaugurações que o Estado prevê realizar até o final deste ano. O anúncio foi feito pelo Governador Marconi Perillo (PSDB), durante uma solenidade em comemoração ao Dia Mundial do Leite, celebrado no Palácio das Esmeraldas, na última terça-feira,02. Segundo ele, a meta é entregar pelo menos 10 grandes obras, cada qual com custo aproximado ou superior a R$ 100 milhões.

“Essas obras serão entregues ao longo do ano. E nós queremos iniciar 2016 com vultosos investimentos, especialmente na área da infraestrutura”, disse Marconi. O governador falou sobre o cenário de ajuste fiscal vivenciado nacionalmente. Segundo ele, Goiás irá superar “tranquilamente” esse momento e até o fim do ano voltará a manter o “ciclo virtuoso” de desenvolvimento experimentado pelo Estado nos últimos anos.

Marconi elencou as obras que devem ser entregues, citando uma série de duplicações de rodovias, como a da GO-020, entre Goiânia e Bela Vista; o Hospital de Urgência da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage (Hugol); o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq), de Aparecida de Goiânia; o Centro de Excelência do Esporte; o Centro de Cultura e Convenções de Palmeiras de Goiás e o Centro de Convenções de Anápolis.

A obra

O prédio do Centro de Convenções de Anápolis está localizado na BR-153, , próximo ao trevo do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA). Com área de 32.8 mil metros quadrados e investimento de R$ 123,7 milhões, o espaço poderá sediar grandes congressos, fóruns empresariais, reuniões, além de eventos culturais. A obra deve impulsionar o turismo de negócios e o desenvolvimento socioeconômico de Goiás.

O novo espaço para eventos, que promete ser o maior do gênero no Centro-Oeste, contará com salas multiuso, dois auditórios, sanitários, áreas para administração, manutenção e primeiros socorros, salas de exposições e pavilhão de teatros; nas salas e no pavilhão serão construídos um restaurante, salas de apoio, cozinha, auditórios, estacionamento, sanitários, camarotes, camarins, teatro de arena e demais dependências necessárias para a apresentação de espetáculos musicais e de orquestras.

Fonte: Jornal  Contexto