12 de junho de 2015

Mais um Parklet inaugurado agora no Setor Marista



Meta da prefeitura é construir 30 parklets este ano. Plataforma móvel, para estímulo à convivência, une sociabilidade e praticidade tecnológica

O prefeito Paulo Garcia inaugurou, ontem, o segundo parklet de Goiânia, instalado no estacionamento da Praça Adélia Martins, na Avenida 137, Setor Marista. O espaço de convivência foi construído pelo Consórcio da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC). O parklet mantém o conceito da primeira plataforma móvel para estímulo à convivência instalada na cidade, junto à calçada da Rua Mário Bittar, em frente a Casa Cor 2015. Há previsão para a construção do terceiro parklet de Goiânia ainda este mês.

Com dez metros de comprimento e 2,2 metros de largura, o novo parklet dispõe de um conjunto com mesas, bancos e poltronas, floreira, espreguiçadeira, estacionamento de bicicletas e estação para que dispositivos como tablets e celulares sejam carregados. Na unidade também foi colocado um painel com informações em tempo real sobre o transporte coletivo, como horário dos ônibus.

De acordo com o prefeito Paulo Garcia, a meta é chegar a 30 parklets este ano, com previsão de inaugurarão da terceira unidade ainda neste mês de junho. “Além de possibilitar a criação de um novo cenário para as ruas, o parklet estimula processos participativos, incentiva o transporte não motorizado e aumenta a oferta de espaços públicos da Capital. Queremos estender as áreas públicas voltadas à convivência. As pessoas podem utilizar os parklet para conversar, descansar, ler, participar de manifestações artísticas, praticar exercício físico e também para o lazer”, explica.

Praça

Junto com o parklet, a prefeitura inaugura a revitalização da Praça Adélia Martins. Com aproximadamente 1,3 mil metros quadrados, o local recebeu um novo trabalho de paisagismo e jardinagem, com canteiros ornamentais contendo variadas espécies de plantas, entre elas clorifito, hemigrafis, tagetes, tumbergias, alpinias, além de grama das espécies amendoim e batatais. Também foram feitas calçadas com guias de pedras portuguesas para deficientes visuais e colocados novos postes, luminárias e refletores verdes para realçar as copas das árvores. A obra foi realizada pela Comurg, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicas (Semob), sob coordenação da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer (Setel).

Fonte: DM