28 de maio de 2015

Chuva e frio para o CO até o fim da semana


A madrugada de 26 de maio foi a mais fria do ano até agora em Goiânia, capital de Goiás. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima foi de 16,5ºC. O recorde anterior de menor temperatura do ano era de 16,7°C no dia 13 de maio. Depois do friozinho do amanhecer, Goiânia passou o dia ensolarada e a temperatura chegou aos 31,0°C.

A secura do ar também chamou a atenção na tarde da terça-feira. O Inmet mediu 34% de umidade no ar às 15 horas. No aeroporto local, o nível de umidade do ar chegou a 29%. Há muito tempo o ar não ficava tão seco. A tarde do dia 26 de maio foi a mais seca em Goiânia desde fevereiro. O nível de umidade não baixava de 40% desde o dia 23 de fevereiro.

Brasília também teve uma madrugada fria e uma tarde quente. A temperatura mínima, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, foi de 13,8°C, que igualou o recorde de frio deste ano já registrado em 12 de maio.

Por que esfriou em Goiânia e em Brasília?

A baixa temperatura em Goiânia e em Brasília não foi provocada pela entrada de uma nova massa de ar polar. A madrugada foi mais fria por causa da perda radiativa.

Entenda o que é o efeito da perda radiativa na explicação da meteorologista Josélia Pegorim

Mudança no tempo

O tempo seco, com noite fria, sol forte e calor à tarde predomina sobre Goiás e sobre o Distrito Federal nesta quarta-feira. Mas a nebulosidade e as condições para chuva voltam a aumentar durante a quinta-feira por causa de uma grande frente fria que vai avançar sobre o centro-sul do Brasil.

Esta frente fria ainda está em formação entre o Brasil, o Paraguai e a Argentina e já provoca chuva forte nas regiões de Mato Grosso do Sul próximas do Paraguai. Durante a quinta-feira, a frente fria vai avançar sobre o Centro-Oeste e poderá provocar chuva forte também nos outros estados.

Fonte: Clima Tempo