28 de abril de 2015

Prefeitura mantém prazos de entrega do Macambira Anicuns


Chuvas não atrapalham construção de uma das maiores obras públicas da capital. Prefeito exige trabalho nos finais de semana

O Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama) não deve sofrer alterações nos prazos de entrega, apesar das chuvas na Capital. É o que prevê a Prefeitura de Goiânia, que tem articulado uma série de intervenções na Capital – como a revitalização da Praça Cívica e a implantação do BRT.

As equipes têm trabalhado até mesmo nos finais de semana e também feriados, conforme orientação do prefeito Paulo Garcia. Com investimento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o projeto inclui a criação do Parque Linear com 24 quilômetros e abrangência em 132 bairros da Capital e dois Parques Ambientais Urbanos.

A proposta central do projeto Macambira Anicuns é oferecer qualidade de vida aos moradores de diversos bairros da Capital. Desta forma, pistas de caminhada e ciclismo, academias ao ar livre, espaços para exposições culturais, quadras poliesportivas e de artesanatos serão instalados no município.

Conforme a Prefeitura de Goiânia, o projeto deve ser um dos maiores parques lineares da América Latina. A primeira etapa foi licitada e as obras estão em andamento.

Neste primeiro trecho, ocorrerão intervenções no Jardim Atlântico, Jardim Vila Boa, Loteamento Faiçalville, Residencial Privê Atlântico e Vila Rosa, Loteamento Celina Park, Residencial Granville, Setor Novo Horizonte e Vilage Veneza) e parte do Setor 2 (Conjunto Cachoeira Dourada e Residenciais Aquários I e II).

PRAZO

A previsão é de que o conjunto total de obras do primeiro trecho seja finalizado em setembro de 2016. O Parque Ambiental Macambira (PAM), no Setor Faiçalville, por sua vez, será entregue em setembro deste ano.

Fonte: DM