18 de março de 2015

Parque Cascavel: Máquinas começam a trabalhar


Um parque tomado pela lama e pelo matagal. Esse era o cenário do Parque Cascavel, no Jardim Atlântico. Mas, aos poucos, essa imagem vai sendo reparada. Isso porque as máquinas começaram a limpar o local e a combater o assoreamento do lago. Conforme mostrado por reportagens do POPULAR, as escavadeiras ficaram paradas por meses. Os funcionários, por sua vez, argumentam que as fortes chuvas impediram o avanço das obras.

O aposentado José Carlos Shmaltz, morador da região, comemorou o início das obras. Com a limpeza, ele conta que está até mais animado para praticar caminhada. “Aqui estava muito feio e até um pouco perigoso com o mato tão alto. Com o início das obras, eu fico mais contente e tomara que fique bem mais bonito”, espera.

À frente da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Semdus), Paulo Cesar Pereira, explica que esse é apenas o primeiro passo. “Este trabalho é apenas de limpeza para retirar o material de assoreamento. Estamos esperando passar o período de chuva para começar a desenvolver a revitalização”, diz. Processo que está previsto para o início de abril, segundo o secretário.

Serão investidos, primeiramente, R$ 3 milhões na construção de uma barragem para reduzir o fluxo de água da chuva. “A barragem de represamento vai amortecer o fluxo da água da chuva. A expectativa é reduzir a velocidade da água que desce da nascente do Córrego Cascavel para impedir o avanço de mais material arenoso, o que deve evitar novo assoreamento do lago”.

Na sequência, Paulo Cesar argumenta que as obras de recuperação do Parque Cascavel se desenvolverão por meio da recuperação de tubulações que permitem maior descarga de água e estruturação da Rua do Siri. O secretário explica que, no mais tardar em julho, o parque deve começar a ganhar forma com as obras de engenharia. Ao todo serão investidos R$ 7,5 milhões na revitalização do local.

Fonte: Jornal O Popular