2 de março de 2015

Goiânia: Metrô ainda não é consenso entre os especialistas


Quando se fala em transporte público de qualidade, logo surgem as grandes metrópoles mundiais na mente, todas equipadas com vários tipos de serviços de transporte que garantem aos usuários uma experiência mais agradável nos coletivos. O principal objeto de desejo acaba sendo o metrô, que está longe de chegar a Goiânia e, na opinião do engenheiro Marcos Rothen, deve continuar assim.

Rothen acredita que essa não seria, nem de longe a solução para o transporte coletivo em Goiânia. De acordo com ele, o metrô é uma opção cara demais e, mediante o atual sistema que repassa todo o custo para o usuário, seria impossível de implantar a rede na capital. “Fortaleza está há 20 anos implantando o sistema e segue em fase experimental. As pessoas falam, ouvem dizer. O metrô é bonito, mas é caro e não é a solução”, certifica.

Willer Carvalho não vê dessa forma. Para ele, deve haver estudo e análise, sobretudo. Mas, todas as opções podem e devem ser incluídas nas pesquisas. “Eu não tenho estudo para falar que o metrô é a solução. Temos que começar a estudar novas formas. Projetar esses custos e benefícios. São obras que têm um impacto grande no custo de implantação e manutenção, mas temos que pensar a longo prazo”, avalia Carvalho.

Fonte: Tribuna do Planalto