28 de março de 2015

Goiânia ganha mais 8 km de trecho cicloviário


Além de faixa exclusiva para o transporte coletivo, as obras do Corredor da T-7 estão implantando ciclovias na região.

O trecho cicloviário será composto por quatro quilômetros de ciclovia (construção do pavimento), 900 metros de ciclofaixa (segregação da faixa para bicicletas por meio de taxões) e 3,2 quilômetros de ciclorrota (compartilhamento do mesmo espaço onde circulam veículos dotando-o de sinalização). As obras foram iniciadas na Avenida dos Alpes, no setor Sudoeste, com implantação de 1,5 quilômetro de ciclovia. Desde o início das intervenções, no final de fevereiro, foram construídos 380 metros nos dois sentidos. Sávio explica que o período chuvoso deixa o processo mais lento, mas que as ações estão de acordo com o cronograma. “A previsão é de que a obra toda seja concluída em 12 meses”, afirma o coordenador dos corredores preferenciais da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Domingos Sávio Afonso.

Partindo da Rua Dona Gercina Gomes Teixeira, no Centro, o trecho 1 será composto por 2,5 quilômetros de ciclovia, seguindo pela Alameda dos Buritis e Assis Chateubriand até a Praça do Cigano, no setor Coimbra. O trecho 2 seguirá com ciclofaixa pela Avenida T-6 até a Rua C-32, também no Coimbra, emendando com ciclorrota que segue pela Rua C-22, avenidas C-6, C-12 e C-7, ruas C-46, C-62, C-13, C-63, C-50 e Flemington, no setor Sudoeste. O quarto e último trecho continua no bairro pela Avenida dos Alpes, com ciclovia até o Terminal das Bandeiras, totalizando os quatro quilômetros de ciclovia.

No total, serão investidos R$ 32,427 milhões na construção do projeto, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade do Governo Federal. A obra está sendo executada pela empresa Jofege Pavimentação e Construção.

Fonte: Jornal O Popular