16 de fevereiro de 2015

R$ 244 milhões para asfalto


Dinheiro servirá para recuperar capa asfáltica de mais de 350 vias, em 53 bairros da Capital.Ministério do Planejamento autorizou início de processo

A Prefeitura de Goiânia irá buscar um empréstimo de R$ 244 milhões junto ao Banco Andino para investir na recuperação do asfalto das ruas da cidade. Na última semana, o prefeito Paulo Garcia se reuniu com o diretor representante da Corporação Andina de Fomento no Brasil (CAF), Victor Rico, e aproveitou para entregar carta de intenções formalizada para a obtenção do recurso para bancar o projeto de recuperação asfáltica dos bairros mais antigos da Capital.

“O projeto tem como objetivo proporcionar mais qualidade de vida à população goianiense”, comentou o prefeito. Pelo menos, 354 ruas de 53 bairros de Goiânia serão contempladas. Isso representa quase 500 quilômetros de malha viária da cidade.

“Nós apresentamos um projeto em que solicitamos um financiamento do exterior para a execução de uma obra de pavimentação asfáltica de todos os bairros onde há deterioração. Fomos em busca desses recursos que, particularmente, acredito que virão”, disse o prefeito Paulo Garcia.

Durante a visita, Victor Rico, da CAF, elogiou o projeto da Prefeitura de Goiânia e disse que tem interesse em apoiar esse tipo de iniciativa: “Esse projeto é de muito interesse nosso porque estamos privilegiando a Região Centro-Oeste do Brasil para apoiar e financiar os projetos”.

Tramitação

Todos os trâmites, para a liberação da verba, devem ser vencidos em aproximadamente seis meses. A ideia é que a Prefeitura de Goiânia, a partir do segundo semestre, já possa operar esse valor. Agora, a tramitação segue alguns passos, até que o dinheiro chegue aos cofres municipais.



Goiânia Cidade Sustentável

O programa é composto por um elenco de projetos destinados à ampliação e aos melhoramentos na infraestrutura urbana, ambiental e social de Goiânia e tem por objetivo primordial apoiar e promover o desenvolvimento econômico, ambiental e social do município e a qualidade de vida dos habitantes dentro da perspectiva da sustentabilidade.

O objetivo é melhorar a qualidade de vida da população mediante a adequação da estrutura urbana da cidade ao desenvolvimento dinâmico que ficou evidenciado na última década. Para isso, busca-se, dentre outras ações, estruturar o sistema viário em consonância com o zoneamento e o desenvolvimento urbano previsto no Plano Diretor; promover intervenções físicas nas vias para que a acessibilidade seja garantida a todos, dentre outras.

SAIBA MAIS

Veja os transmites:

1.Cadastro do projeto “Goiânia Cidade Sustentável” junto à Secretaria de Assuntos Internacionais (Seain);

2.Aprovação: a Seain encaminha o projeto à Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), que vai analisar os créditos externos;

3.Aprovação de projeto de lei na Câmara Municipal, que autoriza a tomada de empréstimo pela prefeitura;

4.Aprovação do projeto na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado;

5.Aval do Tesouro Nacional e liberação dos recursos.

Fonte: DM