16 de fevereiro de 2015

Grupos se movimentam para protestos contra o aumento de 50 centavos


Após o anuncio do aumento de 50 centavos na última sexta-feira 13, que pegou os goianienses de surpresa e gerou revolta entre os usuários nos pontos e terminais da cidade, grupos começam a se organizar para manifestações contra o aumento da tarifa. Pelas redes sociais, alguns eventos foram criados convocando a população a lutar contra o abuso das empresas do transporte na cidade.

A Frente de Luta Pelo Transporte, articulação sem lideranças, formada por vários grupos políticos, estudantes, professores, motoristas de ônibus e independentes, postou na página oficial do Facebook uma convocatória chamando para uma reunião aberta. A Frente foi o grupo responsável por puxar e organizar as manifestações contra o aumento e por melhorias do transporte coletivo em Goiânia, no ano de 2013 e também em 2014. Com o anuncio desse novo aumento, a articulação voltou a ativa e publicou essa nota, chamando uma reunião de urgência na terça-feira, ainda durante o feriado de Carnaval:

REUNIÃO DE REARTICULAÇÃO

Com o aumento absurdo de 50 centavos a passagem de ônibus em Goiânia passa a ser a TERCEIRA MAIS CARA do país. 3,30 não corresponde à qualidade ou mesmo eficiência do serviço, que só são verdadeiramente vistos nos terminais e pontos superlotados. Apesar de toda repressão, não vamos engolir nenhuma justificativa de empresários pilantras que à décadas lucram milhões em cima da população!

Se você não aceita esse aumento e esta interessado em lutar contra esse abuso, chame seu amigos e vizinhos, e venham ajudar a construir a luta contra a máfia do transporte.

17/02 (TERÇA-FEIRA) 14 HORAS
DCE DA UFG NO SETOR UNIVERSITÁRIO

Além da Frente de Luta, outros grupos já convocaram protestos contra o aumento para essa semana. Em um evento no Facebook chamado: MANIFESTAÇÃO CONTRA O AUMENTO DA TARIFA DO TRANSPORTE COLETIVO EM GOIÂNIA - cerca de duas mil pessoas já confirmaram presença, o evento tem mais de 16 mil pessoas convidadas. A manifestação foi marcada para as 16:30 da tarde da próxima sexta feira, dia 20. A concentração vai ser na Praça Universitária.

Outro protesto inusitado contra o aumento da tarifa, foi convocado pelas redes sociais. Em um evento intitulado: “É da RMTC? Estou sendo roubado por vocês!”  Os organizadores convocam a população para ligar várias vezes no Serviço de Atendimento ao Cliente da RMTC (Rede Metropolitana do Transporte Coletivo) e denunciar um “roubo” referente ao preço absurdamente mais caro, da tarifa dos ônibus da capital. Confira um trecho da mensagem publicada no evento:

“Para denunciar casos de furto, roubo, violência sexual e ameaça à integridade física dentro dos ônibus e terminais, é só enviar uma mensagem de celular, via SMS ou WhatsApp, para o número (62) 8591-8952″

Você receberá a mensagem padrão pra ligar para o 0800.
Liguemos então para o 0800 648 2222 e digamos “É da RMTC? Estou sendo roubado por vocês!”
Peçam informações da razão do aumento, questionem, liguem novamente. A ligação é gratuita e funciona nos dias úteis, das 6 às 23h e aos sábados das 7 às 13h.”

Fonte: DM