11 de fevereiro de 2015

Governo tenta atrair grupo da Fiat para o Estado


O governador Marconi Perillo reuniu-se nesta terça-feira (10) em Roma com diretor de Negócios Internacionais da CNH Industrial, Marco Luongo. A CNH é o braço da Fiat para produção de máquinas e veículos pesados. A empresa fabrica ônibus, tratores, máquinas agrícolas de marcas como Iveco e New Holand Construction, esta representada no Centro-Oeste pela Cotril Máquinas, com a presença do seu diretor, o empresário Domingos Ávila Júnior.

A CNH tem quatro fábricas no Brasil e o governo de Goiás se propôs a apresentar um estudo para implantação da empresa também em Goiás. O governador fez uma apresentação dos dados sócio-econômicos do Estado e mostrou que a região é grande produtora de produtos agrícolas. Marco Luongo disse que discutirá o assunto com direção internacional da empresa.

A comitiva do governo também foi recebida pela deputada Marina Sereni, vice-presidente da Câmara dos Deputados da Itália, onde apresentou informações econômicas do Estado. "Confesso que conhecemos o Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais e menos os Estados Centrais, admitiu a deputada, que estava acompanhada de dois deputados brasileiros que representam a comunidade italiana fora da Itália no Congresso, a paranaense, Renata Bueno, e o paulista Fábio Porta.

O governador encontrou-se com o diretor-geral de Comércio Internacional do Ministério do Desenvolvimento e Comércio, Amadeo Teti, para convidar o ministério a participar do seminário do governo goiano a empresários italianos na Embaixada do Brasil na Itália. Depois ele recebeu representantes da Enel, a empresa italiana que comprou a espanhola Endesa, proprietária da Usina de Cachoeira Dourada.

Com informações de Cileide Alves, que viajou à Roma a convite do Estado.

Fonte: Jornal O Popular