28 de fevereiro de 2015

Governo de Goiás nega que autódromo de Goiânia será rebatizado


Nome de Ayrton Senna será mantido

O Governo de Goiás não pretende mudar o nome do Autódromo de Goiânia, como chegou a ser divulgado nesta quarta-feira (25/2). O autódromo hoje leva o nome de Ayrton Senna. A informação que foi divulgada é de que o ex-governador Ary Valadão seria homenageado no rebatismo.

Após contato com a assessoria do governo, a reportagem de A Redação confirmou que o nome não será alterado.

A Agência Goiânia de Transportes e Obras (Agetop) também divulgou um comunicado oficial esclarecendo o assunto. A nota cita a Lei Nº 13.468, que dispõe sobre nomes dados a logradouros, obras, serviços e monumentos públicos.

"Não existe oficialmente a possibilidade de conceder, ao ex-governador Ary Valadão, o nome do Autódromo de Goiânia", explica o texto. A justificativa é de que é proibido atribuir nome de pessoas vivas a prédios públicos.

Confira abaixo a íntegra do comunicado:

Comunicamos que, tendo em vista a Lei Nº 13.468, de 27/julho/1999, publicada no Diário Oficial de 05/08/199, que dispõe sobre a denominação de logradouros, obras, serviços e monumentos públicos, não existe oficialmente a possibilidade de conceder, ao ex-governador Ary Valadão, o nome do Autódromo de Goiânia. Conforme decretado, é proibido atribuir nome de pessoa viva, a prédios públicos da administração pública direta ou indireta. No caso de concessão da homenagem de que trata esta Lei, conforme Parágrafo único, é obrigatória a juntada de competente atestado de óbito.

Fonte: Jornal A Redação