27 de janeiro de 2015

Aparecida de Goiânia avança economicamente no âmbito internacional


Um exemplo de case de sucesso, a economia de Aparecida de Goiânia é um reflexo da pujança de sua classe empresarial. A qual se destaca desbravando bons negócios e superando as adversidades que se encontra no caminho.

Nossa força pode ser observada por todos os goianos que, ao passar pela BR-153, observam a riqueza de nossa economia exposta na diversidade e grandiosidade de nossas empresas.

Tamanho sucesso, que tanto orgulho o povo aparecidense, não surgiu pelo acaso, muito pelo contrário. Ela se dá por uma união em prol de objetivos comuns, que unem setores públicos e privados, fato que transformou radicalmente nosso cenário econômico, inserido nossa querida cidade no hall das principais potências brasileiras.

Aliás, é digno de nota que as conquistas de Aparecida de Goiânia e sua classe empresarial atraem os olhares de todo o mundo. Rotineiramente somos agraciados com a visita de comunitivas internacionais, que vislumbram investir em nosso município, buscando bons negócios oriundos de nossa localização privilegiada, das empresas que aqui se instalaram e da mão de obra cada dia mais qualificada.

Prova deste sucesso foi a visita realizada do diretor-presidente da Corporação Andina de Fomento (CAF)/Banco de Desenvolvimento da América Latina, Vitor Rico Frontaura, que veio acompanhar a segunda etapa do Programa de Reestruturação Viária da Bacia do Ribeirão Santo Antônio de Aparecida de Goiânia, obra que prevê a implantação de mais quatro eixos viários e ligações de bairros.

Investimentos que beiram os R$ 100 milhões. Todavia, esta presença teve um outro viés significativo. Durante a estadia em nossa cidade, o mandatário da CAF participou de um evento que reuniu mais de 100 empresários aparecidenses. Encontro esse que aconteceu no auditório da Transzilli, umas das maiores empresas de logística de nosso País.

Na oportunidade, além de apresentar os benefícios do Banco de Desenvolvimento da América Latina, juntamente com suas linhas de crédito e a intenção de investir em Aparecida, Vitor Rico Frontaura ficou boquiaberto com o crescimento de nossa economia e a força de nossas indústrias, comércio e prestadores de serviço. Demonstrando surpresa com o vigor de nossos negócios.

Diante desse fato nos enche de orgulho poder estar presente auxiliando nesse desenvolvimento. Ajudando a cidade a construir um cenário promissor, repleto de oportunidades, favorecendo não somente a classe empresarial, mas toda a sociedade aparecidense.

Acredito que estamos no caminho certo. Que 2015 será o ano do fortalecimento de Aparecida de Goiânia e também dos bons negócios para nossas empresas.


Fonte DM (Maione Padeiro, presidente da Aciag Jovem, Especial para Opinião Pública)