12 de dezembro de 2014

10 municípios detêm 60,5% do PIB goiano


A participação do Produto Interno Bruto (PIB) dos dez maiores municípios goianos na composição da renda gerada em Goiás caiu 1,3 ponto percentual em 2012, na comparação com o ano anterior, revela levantamento do Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos da Secretaria de Gestão e Planejamento (IMB/Segplan), divulgado ontem. Somados, os dez maiores PIBs municipais goianos representaram R$ 74,9 bilhões (60,5%) contra 68,7 bilhões apurados em 2011 (61,8%), o que indica uma ligeira desconcentração da renda gerada por esses municípios no Estado.

Apesar da redução proporcional, em valores, o resultado foi maior, ficando em linha com o crescimento global do PIB do Estado no período, que passou de R$ 111,3 bilhões para R$ 123,9 bilhões (variação real de 5,4%). O PIB per capita no Estado alcançou R$ 20.134,26 em 2012 ante R$ 18.298,59 em 2011. No ranking nacional, Goiás se manteve na 11ª posição nesse quesito.

Pelo 3º ano seguido, Aparecida aumenta sua participação

Os pesquisadores do IMB/Segplan observam que houve mudanças pontuais na participação dos dez maiores municípios no ranking do PIB Municipal de 2012 em relação a 2011. Os dez maiores municípios em termos de PIB são Goiânia (com participação de 24,3% no PIB estadual), Anápolis (9,4%), Aparecida de Goiânia (6,0%), Rio Verde (5,1%), Catalão (4,4%), Senador Canedo (3,2%), Itumbiara (2,5%), Jataí (2,3%), Luziânia (2,0%) e São Simão (1,4%). Desse ranking, nove aumentaram seu valor e responderam por 52,7% do incremento gerado no PIB estadual de 2011 para 2012.

A pesquisa mostra que houve ganho de participação nos municípios de Aparecida de Goiânia (0,3 ponto percentual – p.p), Rio Verde (0,1 p.p), Catalão (0,1 p.p), Itumbiara (0,2 p.p), Jataí (0,1 p.p), Luziânia (0,1 p.p) e São Simão (0,1 p.p). Por outro lado, teve redução em Goiânia (-0,6 p.p), Anápolis (-1,5 p.p) e Senador Canedo (-0,2 p.p).

Aparecida de Goiânia é apontada no estudo como um município com alto dinamismo em sua economia, tendo o setor de serviços e a indústria como os mais representativos. Em 2012, foi verificado em Aparecida de Goiânia aumento de participação no PIB estadual, saindo de 5,7% em 2011 para 6,0% em 2012. Isso, segundo o estudo, se deve aos setores da indústria e de serviços, que aumentaram em 0,3 p.p e 0,2 p.p, respectivamente, na estrutura estadual.

“Vale destacar que é o terceiro ano consecutivo que esse município ganha participação no PIB estadual”, destaca o documento.

Estudo

O Indicador do PIB Municipal permite avaliar o fluxo de produção nos 246 municípios goianos, segmentado pelos setores da agropecuária, indústria e serviços (incluindo administração pública), com o valor adicionado total gerado por estes segmentos, os impostos medidos indiretamente e o PIB per capita. O PIB dos Municípios é calculado e divulgado anualmente pelo Instituto Mauro Borges. (Manoel Messias)

Fonte: Diário de Aparecida
Foto: Fábio Nomoto