26 de novembro de 2014

TCU autoriza obras no novo aeroporto de Goiânia


O Tribunal de Contas da União autorizou hoje a retomada das obras das pistas de taxiamento do novo aeroporto de Goiânia, informa o deputado Sandro Mabel (PMDB), que atuou no órgão de controle por uma solução. A Infraero prevê para abril a conclusão do novo terminal de passageiros, mas a licitação para as pistas continuava suspensa pelo TCU, por contas de irregularidades na obra, que teria de decidir entre manter a atual licitação ou determinar a realização de uma nova. "Prevalesceu o bom senso e o consórcio, que já toca a obra do novo terminal, também vai construir as pistas", diz Mabel.

Mesmo assim, a previsão é que o novo aeroporto de Goiânia só deve entrar em operação em novembro de 2015. As obras do novo terminal estão adiantadas, com a cobertura e os fingers quase prontos. Mas as obras das pistas de taxiamento das aeronaves só devem avançar depois do período chuvoso e serem concluídas em 12 meses. O pior, segundo Mabel, seria o TCU decidir por nova licitação, o que atrasaria o início das operações do novo aeroporto para meados de 2016. De janeiro a setembro deste ano o movimento no atual aeroporto de Goiânia foi de 2,5 milhões de passageiros, 15% a mais comparado com o mesmo período de 2013 e o dobro do fluxo registrado em 2009.

Fonte: Jornal O Popular