15 de outubro de 2014

Temperatura bate novo recorde


Termômetros registraram 38ºC na capital, maior índice desde de 2012. Umidade do ar ficou em 13%

A temperatura na capital goiana bateu novamente o recorde do ano, chegando a 38ºC, segundo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A última vez que os termômetros de Goiânia registraram temperatura acima da notada ontem foi em 2012, quando chegou a 38,5ºC no fim de outubro. Na segunda-feira, a máxima registrada foi de 37,5ºC, com sensação térmica de 40ºC em alguns pontos da capital.
Ainda de acordo com o Inmet, o clima quente e seco deve continuar nos próximos dias, ficando em torno de 37ºC a 38Cº. A situação deve amenizar apenas a partir de segunda-feira (20), quando há tendência de chuva.

“É normal no mês de outubro (dias quentes e secos), mas está mais elevado que nos últimos dois anos. A máxima do ano passado foi de 35ºC”, diz a chefe do instituto em Goiás, Elizabet Alves Ferreira. A última chuva que caiu em Goiânia foi há duas semanas, no dia 3 de outubro.
Além das altas temperaturas, a umidade do ar também demanda cuidados. Ontem, ela estava em torno de 13%, o que coloca Goiás em estado de alerta.
MASSA DE AR

O motivo das altas temperaturas e da baixa umidade é uma massa de ar seco e quente que está sobre as regiões Central e Sudeste do País, afetando os estados de Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia e São Paulo.

Elizabet explica que a massa de ar bloqueia a entrada da frente fria que vem da Argentina e do Uruguai, passando pelo sul do País, assim como o canal de umidade da Amazônia, que este ano está mais fraco e atrasado por causa do fenômeno climático El Niño, que fez com que ocorresse uma quantidade mais baixa de chuvas no norte da Amazônia.

Continua lendo no site do Jornal O Popular

Fonte: Jornal O Popular