16 de outubro de 2014

Suposto serial killer tenta suicídio em cela na Denarc


Vigilante Thiago Henrique Gomes da Rocha, 26, apontado pela Polícia Civil como autor de pelo menos 38 mortes em Goiânia, cortou os pulsos com cacos de vidro extraídos de uma lâmpada da cela em que ocupa na Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos na manhã desta quinta-feira (16); o suspeito recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros, que informou que o ferimento não apresentaria gravidade; suspeito deve ser apresentado pela Polícia Civil nos próximos minutos caso seu estado de saúde permita

O vigilante Thiago Henrique Gomes da Rocha, de 26 anos, tentou se matar na manhã desta quinta-feira (16) na cela que ocupa na Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc). Thiago quebrou uma lâmpada e cortou os pulsos com os cacos de vidro. Duas unidades do Corpo de Bombeiros foram chamadas para prestar atendimento ao suspeito, cujos ferimentos não apresentariam gravidade.

A ocorrência foi registrada pelos Bombeiros por volta de 8 horas, que registrou que Thiago Henrique apresentava "sangramento intenso na região dos pulsos".

O advogado do suspeito, Thiago Huáscar, está no local acompanhando atendimento e confirmou que ele tentou se matar. “Estou aqui na delegacia com ele. Ele tentou suicidar e estou prestando assistência a ele”, disse ao portal G1.

O suspeito deve ser apresentado pela Polícia Civil nos próximos minutos caso seu estado de saúde permita.

Informações não confirmadas dão conta de que Thiago negaria a confissão dos crimes, numa estratégia formulada pela sua defesa.

Fonte: Goiás 247