12 de outubro de 2014

Serpes/O POPULAR: Marconi lidera com 60,25% dos votos válidos; Iris tem 39,75%


Tucano cresce 14,39 pontos porcentuais comparado com o resultado das urnas, enquanto peemedebista soma mais 11,35

O governador Marconi Perillo (PSDB) tem 53,9% de intenções de voto contra 35,6% do ex-governador Iris Rezende (PMDB) na primeira pesquisa Serpes/O POPULAR do segundo turno das eleições ao governo estadual. Dos 801 entrevistados dos dias 8 a 11 de outubro, 4,9% afirmaram que vão anular o voto e 5,6% estão indecisos.

Considerando os votos válidos (excluídos os nulos e indecisos), Marconi alcança 60,25% – um salto de 14,39 pontos em relação ao resultado do primeiro turno, quando o tucano teve 45,86%. Iris tem 39,75% dos votos válidos, 11,35 pontos acima do que recebeu na primeira fase da campanha. No cálculo do instituto, os votos válidos de Marconi podem variar de 56,7% a 63,8%. Já de Iris podem ir de 36,2% a 43,3%.

Na divisão por escolaridade, Marconi tem o maior índice de intenção de voto no grupo que cursou ensino fundamental – 57,6%. O menor índice é registrado entre eleitores que têm curso superior, de 46,4%. No universo de entrevistados que cursaram ensino médio, o tucano tem 55,9%. Já no grupo de quem apenas lê e escreve, ele tem 46,9%.

Iris aparece com 38,3% entre os eleitores que leem e escrevem. No grupo de curso superior, ele tem 37,1%. O menor índice está entre eleitores com ensino médio – 34,4%.

Na divisão por faixa etária, Iris tem o maior porcentual entre eleitores jovens, de 16 a 24 anos – 39,5%. Marconi alcança o maior índice no grupo de 35 a 49 anos, de 57,8%. Entre os jovens, o tucano tem 52,7%.

No universo de eleitores com curso superior está o maior porcentual de intenção de votos nulos – 9,3% afirmam que não vão votar ou vão anular. Entre os que apenas leem e escrevem, o índice cai a 3,1%.

Já o porcentual de indecisos é maios entre os que leem e escrevem – de 11,7%. No grupo de curso superior, 7,2% afirmam não ter decidido. Já entre eleitores com ensino fundamental, o índice cai a 3,8%.

Marconi tem uma preferência maior das eleitoras – aparece com 55,6%, contra 52,1% entre os homens. Já Iris tem um porcentual bem maior entre homens do que mulheres – 40,1% a 31,4%.
Na capital, Marconi e Iris aparecem em empate técnico, mas com vantagem numérica para o tucano.

O governador tem 47,7% das intenções de voto contra 45,3% do peemedebista. Além de Goiânia, apenas na Região Sul Iris consegue ultrapassar 40%. Na Região Sudoeste, ele tem apenas 29%.
Ainda na divisão por regiões, Marconi tem o maior índice no Noroeste Goiano, onde alcança 61,9%. No Sudoeste, ele tem 58,1% e Entorno do Distrito Federal, 57,3%. No Centro, que inclui Anápolis e Aparecida de Goiânia, os dois maiores colégios eleitorais depois da capital, Marconi tem 53,5% e Iris, 37,6%.

Peemedebista lidera rejeição com 24,3%

Questionados sobre em quem não votariam de jeito nenhum nas eleições para governador de Goiás, 24,3% dos entrevistados pelo instituto Serpes responderam Iris Rezende (PMDB). A rejeição ao governador Marconi Perillo (PSDB) é de 21,2%.Dos 801 entrevistados, 52,8% responderam que não rejeitam nenhum dos dois candidatos que disputam o segundo turno. Outros 3% não souberam responder.

Em Goiânia e nas Regiões Norte e Região Sul, a resistência a Marconi supera a de Iris. Na capital, 29,1% rejeitam o tucano contra 22,1% do peemedebista. Já no Entorno do DF, a rejeição a Iris é de 37,8%.

Fonte: Jornal O Popular