2 de setembro de 2014

Goiás: Polícia Técnico Científica terá concurso este ano


Anúncio foi feito pelo governador Marconi Perillo nesta terça-feira durante mais um bate-papo com internautas; de acordo com o governador, serão 250 vagas para perito criminal, 150 para médico legista, 60 para auxiliar de autópsia e 100 para papiloscopista, com salários que vão de R$ 3 mil a R$ 6,2 mil; gerente de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, a delegada Emilia Podestá, que faz parte dos quadros da Polícia Civil goiana desde 2004, participou do bate-papo virtual; Marconi ainda anunciou que mais 100 aprovados no concurso da Polícia Militar já vão ser chamados

Até o final deste mês, o governo estadual publicará edital de concurso para preenchimento de 560 vagas para a Polícia Técnico Científica. O anúncio foi feito pelo governador Marconi Perillo (PSDB) na tarde desta terça-feira (02) durante mais um hangout – bate-papo on line -, que teve como tema Segurança Pública.

De acordo com o governador, serão 250 vagas para perito criminal, 150 para médico legista, 60 para auxiliar de autópsia e 100 para papiloscopista, com salários iniciais que vão de R$ 3 mil a R$ 6,2 mil. “Esses profissionais somarão esforços, principalmente, nos Institutos Médico Legais (IML) que já estamos construindo em todo o Estado”, destacou.

O bate-papo online desta terça teve a participação da gerente de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, a delegada Emilia Podestá, que faz parte dos quadros da Polícia Civil goiana desde 2004. “Emilia foi selecionada por meio do concurso de meritocracia, instituído nesta gestão, para a gerência de Inteligência. Chegou onde está por mérito próprio, por demonstrar competência”, disse o governador.

Em sua participação, a delegada destacou a política de segurança do governo que, segundo ela, foi desenvolvida para ter continuidade. “A política de segurança do Estado é hoje uma das melhores do país porque não tem sido feita de forma separada, mas como um grande projeto que, continuado, garante segurança à população e que as pessoas, de fato, se sintam seguras. É importante que ela seja mantida porque começou a engrenar e estamos vendo agora os resultados”, comentou Emilia.

Prorrogação

Uma das perguntas mais recebidas no hangout foi sobre a nomeação dos remanescentes do concurso da Polícia Militar. Marconi anunciou que, além de prorrogar a duração do concurso por mais um ano, já autorizou o chamamento de cerca de 100 aprovados.

“Tivemos vagas que não foram preenchidas e eles já devem começar a ser nomeados”, garantiu. Os demais aprovados serão chamados no próximo ano. O governador confirmou ainda que já há previsão, para 2015, de realização de novo concurso para Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. “Ao longo desta gestão aumentamos em quase seis mil o efetivo das polícias”, lembrou.

Outro alvo de diversos questionamentos, o entorno do Distrito Federal, segundo Marconi, recebeu atenção especial, nesta gestão, no quesito segurança pública. “O fato é que conseguimos diminuir consideravelmente os índices de violência na região. Mas precisamos da parceria do governo federal também. Há cidades em que de um lado da rua é Goiás e do outro Distrito Federal. Precisamos oferecer gratificações para que haja gente interessada em trabalhar lá”, ponderou.

Marconi lembrou, ainda, que até outubro serão entregues 2,2 mil novas viaturas à PM. “É a terceira vez que renovamos a frota somente nesta gestão. Prova de que temos investido, constantemente, na melhoria das condições de trabalho dos agentes de segurança pública do nosso estado”, disse. Ele listou ainda os constantes investimentos em novos armamentos e munições e citou o lançamento do edital para aquisição de mais 500 novas câmeras de monitoramento.

Fonte: Portal 730