17 de setembro de 2014

Expansão do Eixo Anhanguera começa a operar neste sábado (20)


A Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos (CDTC) aprovou ontem a expansão do Eixo Anhanguera até Trindade, Goianira e Senador Canedo. Os ônibus da Metrobus começam a circulas nestas cidades no dia 20, segundo projeto encaminhado à Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC). A passagem vai custar R$ 1,40, mesmo valor cobrado em Goiânia – a outra metade é subsidiada pelo Estado.

Para que o projeto seja executado, a CDTC propôs que seja feita uma consulta ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em razão das eleições de outubro, já que se trata de um projeto do Estado com benefícios financeiros à população. Nesta primeira etapa, a Metrobus não vai investir em obras. Os custos serão apenas da operação dos ônibus. Serão acrescentados 40 ônibus ao eixo. Os 15 primeiros veículos articulados já estão no pátio da empresa estatal e os demais chegam até dia 27. Em Goianira será substituída a linha 139, em Senador Canedo, 255 e 625, e em Trindade, 142.

Segundo a deliberação da CDTC, órgão colegiado responsável pelo transporte coletivo da região metropolitana, caso a nova operação provoque queda no rendimento das empresas concessionárias, este quantitativo não poderá ser repassado para a tarifa. As empresas fizeram o projeto em conjunto com a Metrobus, tanto que elas serão responsáveis pela construção de 12 pontos de conexão até o fim do ano. No primeiro momento, Metrobus e as outras concessionárias vão dividir a operação, até que as conexões fiquem prontas. A Metrobus deve construir, até o fim de 2015, três terminais nas GOs 060, 070 e 430.

Fonte: Jornal O Popular (Rede Metropolitana de Transporte coletivo)