4 de agosto de 2014

Goiás sobe em ranking e é o nono Estado mais competitivo do País


São Paulo e Rio de Janeiro estão no topo

Goiânia - Goiás é o 9º Estado mais competitivo do País. De 10° colocado em 2012, o Estado aparece em ranking divulgado pelo grupo britânico Economist Intelligence Unit (EIU), um dos braços da revista inglesa The Economist, na 9ª colocação entre os 26 Estados brasileiros mais o Distrito Federal, em 2013.  Para formar o ranking,  foram analisados 26 indicadores, divididos em oito categorias, com notas de 0 a 100 para os Estados (quadro ao lado).

Goiás fechou com 47,5 pontos de nota geral. Em 2012, esta pontuação era de 42,8. O crescimento foi de 4,7 pontos. Todos os indicadores avaliados são de competência exclusiva do governo estadual e não se relacionam com os de responsabilidade do governo federal ou municipal.

O Estado apresentou crescimento em seis das oito categorias pesquisadas pelo grupo inglês. O destaque ficou com a infraestrutura. Goiás teve um acréscimo de 12,5 pontos, saindo da 12ª para a 10ª posição. A política de atração de investimentos estrangeiros também sobressaiu. Da 8ª colocação, saltou para a 5° entre 2012 e 2013. A pontuação neste quesito subiu de 70,8 para 83,3 (alta de 12,2 pontos).

Levantamento de cenários
Intitulado Ranking da Competitividade dos Estados de 2013, o levantamento busca avaliar o cenário dos estados para atração de investimentos privados, externos e interno.  Esta é a 3ª edição do estudo.

Na 1ª e 2ª edição do estudo,  Goiás também apareceu como o 10º mais competitivo. São Paulo (77,2 pontos) e Rio de Janeiro (72,2 pontos) apareceram na primeira e segunda colocação, respectivamente, em todas as edições.  O Paraná foi do 5º para o 3º lugar.

Com avanço nos mesmos itens, Santa Catarina foi de 6º para 5º, enquanto o Rio Grande do Sul seguiu na 4ª posição. Minas Gerais, que foi terceiro lugar em 2011 e 2012, caiu agora para a 6ª posição. O estudo foi realizado em parceria com o Centro de Liderança Pública.

Fonte: A Redação