6 de julho de 2014

Iniciativa privada investe R$ 600 milhões em Goiás


Em dois protocolos de intenções assinados nesta sexta-feira – um que prevê a instalação da mineradora Amarillo, em Mara Rosa, e a expansão da usina Denusa, em Jandaia – o governador Marconi Perillo contabilizou investimentos de R$ 660 milhões na economia goiana; Amarillo Mineração do Brasil, empresa de origem canadense, vai investir R$ 440 milhões no beneficiamento e fundição de ouro, com previsão de gerar 3.655 empregos diretos e indiretos; a empresa Denusa, com sede em Jandaia, anunciou investimentos de R$ 220 milhões para produção de energia elétrica a partir do bagaço da cana de açúcar

Em dois protocolos de intenções assinados nesta sexta-feira – um que prevê a instalação da mineradora Amarillo, em Mara Rosa, e a expansão da usina Denusa, em Jandaia – o governador Marconi Perillo contabilizou investimentos de R$ 660 milhões na economia goiana. A Amarillo Mineração do Brasil, empresa de origem canadense, vai investir R$ 440 milhões no beneficiamento e fundição de ouro, com previsão de gerar 3.655 empregos diretos e indiretos, 830 na fase de construção. Somente na fase de estruturação, o grupo vai investir R$ 38 milhões de dólares na planta industrial.

O empresário William Richard Brown, diretor da empresa no Brasil, explicou que a escolha por Goiás deu-se em função, além da riqueza mineral goiana, da segurança jurídica assegurada pelo governo do Estado.

Em outro protocolo, a empresa Denusa, com sede em Jandaia, anunciou investimentos de R$ 220 milhões para produção de energia elétrica a partir do bagaço da cana de açúcar. A empresa, há 32 anos no Estado, prevê a geração de 350 empregos diretos e 400 indiretos com a expansão. O projeto de expansão econômica prevê a produção de açúcar voltada para o mercado externo e a comercialização de energia elétrica. Atualmente a empresa produz apenas Etanol.

O governador destacou que a semana foi extremamente produtiva para a economia de Goiás. Começou com a instalação de duas fábricas de automóveis em Hidrolândia e, hoje, foram assinados os protocolos com a Amarillo e com a Denusa. “Esses protocolos, no valor de R$ 660 milhões, fortalecem nossa economia e vão ajudar o Estado a continuar batendo recordes nacionais no desempenho da balança comercial, geração de emprego, renda e oportunidades”, disse Marconi na solenidade, realizada no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Durante o evento, o secretário de Estado de Indústria e Comércio, Willian O´Dwyer, confirmou que a balança comercial goiana registrou este mês o maior crescimento de sua história, com índices acima da média nacional.

Os prefeitos Elvino Coelho (Mara Rosa) e João Rodrigues (Jandaia) agradeceram o governador pelo empenho pessoal para garantir os investimentos. Ambos destacaram que os protocolos assinados vão gerar emprego e renda em seus municípios. “Mara Rosa, que já é um grande produtor de ouro vegetal (açafrão), agora vai produzir o ouro mineral”, disse o prefeito Elvino Coelho.

Participaram da solenidade, além do governador e dos representantes das empresas, os secretários Willian O´Dwyer (Indústria e Comércio), José Taveira Rocha (Fazenda), Mauro Faiad (Ciência e Tecnologia), Jaqueline Vieira (Meio Ambiente), os deputados estaduais Talles Barreto e Lincoln Tejota, dentre outras autoridades.

Fonte: Goiás 247