2 de junho de 2014

Seleção Brasileira treina no Serra Dourada e torcida comparece em peso



Eram esperados 20 mil torcedores, mas pouco mais da metade disso compareceu ao Serra Dourada

Em movimentação com pouco mais de 1h20, Seleção faz trabalho tático, treino de finalizações, cobranças de falta e encerra atividade com um rachão descontraído. Ramires é a novidade em movimentação que teve Neymar fazendo jogadas de efeito.

O tão esperado treino aberto ao público da Seleção Brasileira (único na preparação para a Copa do Mundo) teve início por volta das 15h20. Os jogadores entraram em campo acompanhados de Felipão e Murtosa, para fazer um leve aquecimento e trocar passes com a bola no gramado. Os trabalhos físicos duraram cerca de vinte minutos.
Após o aquecimento, as atividades com bola se iniciaram. O técnico Luis Felipe Scolari posicionou a equipe titular para treinar cobranças de bola parada, em especial escanteios, e jogadas ensaiadas. O treino tático se iniciou com a formação: Jéferson no gol, Daniel Alves, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Ramires e Oscar; Hulk, Neymar e Fred.

Enquanto isso, os demais jogadores trabalhavam com Murtosa na outra metade do gramado em atividade específica de finalização. William se destacou no quesito. Às 16h30 Felipão reposicionou a equipe para o treino tático. A nova formação que trabalhava com o técnico era: Julio Cesar, Maicon, Henrique, David Luiz e Maxwell; Luiz Gustavo, Ramires, Hernanes, Bernard e William; Jô.

Os jogadores substituíram se apresentaram ao Murtosa para entrar no treino de finalizações. 30 minutos depois, Felipão encerrou as atividades separadas e preparou um coletivo em campo reduzido. Cada equipe contava com oito jogadores. Neymar e William treinavam cobranças de faltas no outro gol, sob supervisão direta do Felipão. A atividade coletiva também durou cerca de 30 minutos.

A atividade foi finalizada com o aquecimento dos jogadores. Dante e Daniel Alves, Jô e Hulk brincavam de equilibrar a bola, enquanto Marcelo, Neymar, William, Fred e Oscar terminaram o treino cobrando penalidades no goleiro Jéferson. A torcida compareceu em peso, retirando quase a totalidade dos 20 mil ingressos disponibilizados, e recebeu muito bem os jogadores. A cada lance de efeito e gol, a torcida vibrava.  No fim, os jogadores aplaudiram os torcedores e foram correspondidos.

Fonte: Portal 730