18 de maio de 2014

Presidente da Fifa admite que Brasil está descontente com a Copa, mas que irá se render a ela


O presidente da Fifa, Joseph Blatter disse em entrevista a uma emissora suíça, que o povo brasileiro está descontente com o Mundial que começa em menos de um mês, mas salientou que a situação irá mudar radicalmente, assim que a competição começar no dia 12 de junho.

“Tenho certeza que, quando a bola rolar, na partida de abertura em São Paulo [BrasilXCroácia], o Brasil vai se encher daquela febre de futebol”, afirmou o presidente da Fifa.

Protestos

Blatter denunciou o fato de os manifestantes, nas diversas cidades no Brasil, estarem usando o futebol como "plataforma" para seus protestos e disse que já vem discutindo essa situação com a presidente Dilma Rousseff.

O presidente ainda comparou a insatisfação dos brasileiros ao que ocorre na Turquia, onde manifestantes estão causando um terremoto político em Istambul e gerando tensões na região. Na Turquia, a Fifa realizará o Mundial Sub-20 em poucos dias. "Temos visto isso também na Turquia e temos toda a confiança nas autoridades", afirmou, após participar de um congresso no Copacabana Palace sobre o papel das finanças e o futebol.

"O futebol existe aqui para unir as pessoas. Isso está claro e conheço um pouco das manifestações que estão ocorrendo", disse Blatter. "Acho que as pessoas estão usando a plataforma do futebol e a presença da imprensa internacional para deixar claro certos protestos", declarou.

Fonte: DM