24 de maio de 2014

Prefeitura terá R$ 91 milhões para obras de mobilidade urbana


Contratos de financiamento de programa do Governo Federal foram assinados pelo prefeito com a Caixa Econômica. Obras serão executadas em 23 bairros da capital.

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, assinou na manhã desta quinta-feira, 22, com a Caixa Econômica Federal (CEF) três contratos de financiamento do programa Pró-Transporte, Mobilidade, Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas do Ministério das Cidades. Os contratos referem-se a três cartas-consulta apresentadas pela prefeitura ao agente financiador. A verba de mais de R$ 91 milhões será destinada à execução de pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, passeios e sinalização viária da capital. As obras serão executadas paulatinamente em 23 bairros nas diversas regiões de Goiânia, assim que aprovados os projetos pela Caixa.

De acordo com o prefeito, os projetos já estão prontos e as obras irão representar uma grande contribuição para a promoção da qualidade de vida no município. 'Nós temos que comemorar, pois nas últimas semanas nós contratamos através da Caixa mais de R$ 230 milhões. Foram R$ 140 milhões para o BRT e hoje R$ 91 milhões. Nós estamos prontos a desenvolver esses projetos da forma mais séria possível.', destacou Paulo Garcia. Ele também observou que tais recursos são fundamentais para a cidade, pois serão empregados na pavimentação, na construção de galerias pluviais e calçadas, que significam melhorias da mobilidade urbana. 'É um grande benefício para as populações que ainda não tiveram acesso ao asfalto e 20% desses recursos poderão ser destinados também à reestruturação do pavimento asfáltico antigo', reforçou.

Os contratos de financiamento foram assinados pelo prefeito e pelo vice-presidente de Governo da CEF, José Carlos Medaglia Filho, em encontro que teve a participação do superintendente nacional de Governo, Moacyr do Espírito Santo, e da superintendente regional Sul de Goiás, Marize Fernandes de Araújo.

José Carlos Medagilia observou que a assinatura dos contratos é resultado de um esforço conjunto do Governo Federal e Governo Municipal para atender um dos maiores anseios da população, que é a melhoria da mobilidade urbana nos grandes centros. 'A partir da assinatura, eles imediatamente serão disponibilizados e serão liberados à medida que nós tivermos aprovação de projetos e a execução das obras', explicou o vice-presidente.

O objetivo do programa Pró-Transporte é propiciar o aumento da mobilidade urbana, da acessibilidade, dos transportes coletivos e da eficiência dos prestadores de serviços, de maneira a garantir o retorno dos financiamentos concedidos, bem como conferir maior alcance social às aplicações do FGTS. É voltado ao financiamento dos setores público e privado, à implantação de sistemas de infraestrutura do transporte coletivo e à mobilidade urbana, contribuindo para a promoção do desenvolvimento físico-territorial, econômico e social, como também para a melhoria da qualidade de vida e para a preservação do meio ambiente.

Cássia Fernandes, da Diretoria de Jornalismo - Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Fonte: Prefeitura de Goiânia