7 de maio de 2014

Autódromo: Após vistoria, obra passa por fase final de ajustes


Tempo necessário para a conclusão da construção dos novos boxes preocupa. Pista está aprovada. Autódromo de Goiânia receberá Corrida do Milhão

A equipe da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) que esteve ontem no Autódromo de Goiânia, para vistoriar e orientar a finalização da reforma da praça, se impressionou com a qualidade da pista. Mas, ao mesmo tempo, demonstrou receio em relação à conclusão das obras que ainda estão em andamento, principalmente com os boxes.

“O mais importante numa obra dessa é que o asfalto fique pronto para ir curando. E isso já está pronto. Mas essa parte civil, de obra, no meu ponto de vista, está atrasada. No deles (administração do autódromo), não, porque eles dominam a obra. Eles sabem o quanto avançam por dia”, avalia o presidente da Comissão Nacional de Circuitos da CBA, Jhonny Bonilla.

Presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón explica que está tudo dentro do previsto e que a expectativa é entregar o autódromo para a organização da Stock Car no dia 26. A 4ª etapa da categoria, a principal do País, será realizada lá em 1º de junho. “Se você pega o cronograma, que é diário, vê que estamos conseguindo efetivamente cumprir o que está previsto.”

Inicialmente, a previsão do fim da reforma, que começou em outubro de 2013, era março deste ano. Jayme explica que, após a inclusão de outros itens no projeto, como praça multiuso, com pista para skatistas e patinadores, por exemplo, este prazo teve de ser estendido. Assim como os valores. O custo da reforma seria de R$ 27,3 milhões, mas será de aproximadamente R$ 50 milhões, um aumento de 82%.

A obra só será concluída no final de julho, segundo ele. Mas as áreas necessárias para a realização da Stock Car já estão em fase final. “O único problema que eles (equipe da CBA) encontraram, e que a gente já tinha detectado, foi o encontro de grama com asfalto no retão. Vamos colocar areia e fazer o nivelamento”, conta Jayme.

Só não haverá tempo para novos testes na pista. O aval final já será o início da etapa da Stock Car, com os treinos livres da sexta-feira, dia 30.

Fonte: Jornal O Popular