7 de maio de 2014

Aparecida de Goiânia: Condomínio industrial terá aeroporto executivo


Diante da carência de áreas com infraestrutura pública para a expansão do setor industrial, Goiás vai ganhar o primeiro condomínio privado pensado e equipado para a instalação de indústrias. O All Park Polo Empresarial, situado em Aparecida de Goiânia, terá, entre outros atrativos, um aeroporto executivo acoplado à sua estrutura.

O empreendimento será apresentado ao mercado no sábado já com 60% dos seus 180 lotes reservados, segundo os empreendedores - grupos Innovar, Coming e Canedo - e, no caso do aeroporto, terão parceria da Tropical Urbanismo.

Os preços de cada uma das áreas, que vão de 1,2 mil metros quadrados a 8,8 mil metros quadrados, não foram revelados pelo presidente do Grupo Innovar, Romeu Neiva Júnior, à frente do empreendimento. Ele garante, porém, que o valor poderá ser dividido em 60 vezes. “Será um condomínio com toda a infraestrutura necessária para a competitividade da empresa que estiver ali. Os preços serão revelados sábado”, diz.

O investimento total no empreendimento pela Innovar será de R$ 250 milhões. O All Park ocupará uma área de 61 hectares, próxima ao campus da Universidade Federal de Goiás (UFG) e do Alphaville Aparecida. “Para empresas situadas dentro da cidade, o maior obstáculo é a impossibilidade de crescimento do negócio. Falta espaço para crescer, não há como expandir o maquinário, há pouco espaço para carga, descarga e estoque”.

Romeu destaca que, antes do lançamento do empreendimento, a empresa realizou pesquisas qualitativas com 60 empresários do setor industrial. Entre os principais gargalos ligados a infraestrutura e logística, a maioria apontou: falta de segurança, dificuldades com transporte e falta de espaço físico para expansão.

Desta forma, o All Park foi projetado como parte de um complexo maior de urbanização, que compreende uma área de cerca de 375 hectares na região. O chamado “master complexo” inclui um aeroporto executivo, condomínio residencial, núcleos comerciais planejados, hotelaria, centro de convenções e eventos e shopping center a serem construídos.

Empresas terão vantagens para uso

O aeroporto executivo, que será construido por meio de uma parceria com a Tropical Urbanismo, terá uma pista de 2 mil metros, com capacidade para pousos e decolagens de jatos executivos, e um terminal de passageiros. Empresas instaladas no All Park terão vantagens para usar o terminal, revela o presidente do Grupo Innovar, Romeu Neiva Júnior.

Segundo ele, a região já foi decretada aeroportuária pela Prefeitura de Aparecida de Goiânia e a licença para construção do terminal concedida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Estamos executando as licenças ambientais. Esta será uma alternativa para oferecer toda a infraestrutura de qualidade para as indústrias.”

Goiás é detentor da segunda maior frota de aeronaves executivas do País, com cerca de 1,2 mil unidades, só perdendo para São Paulo.

Fonte: Jornal O Popular