29 de abril de 2014

Cidade goiana está entre as melhores em desenvolvimento econômico do Brasil


Aparecida de Goiânia está entre as 10 melhores cidades em desenvolvimento econômico do país. É o que revela a pesquisa “As melhores cidades para os negócios”, realizada pela consultoria Urban Systems e publicada na revista Exame (30/04). O município goiano aparece 7º lugar neste ranking com uma nota de 5,77, numa escala de zero a 14. Parauapebas (PA) é a 1ª com nota 7,46.

“A pesquisa demonstra que estamos no caminho certo do desenvolvimento econômico. Desde 2009, trabalhamos com o objetivo de transformar a cidade em uma das melhores do país para se viver”, afirmou o prefeito de Aparecida, Maguito Vilela (PMDB).

A escolha das melhores cidades para os negócios levou em consideração 27 indicadores, como o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), em que Aparecida também aparece como uma das três cidades goiana com gestão fiscal de excelência e a 67ª do país em um universo em que apenas 84 municípios conseguiram obter excelência.

A metodologia utilizada pela consultoria Urban Systems informa ainda que além do ranking das cidades mais promissoras para negócios, foram feitos quatro recortes da lista principal – em que aparece quatro municípios goianos, Goiânia (20º), Rio Verde (33º), Anápolis (53º) e Valparaíso de Goiás (81º). No recorte das melhores em desenvolvimento econômico, Aparecida é única cidade goiana a figurar no ranking. Os demais recortes são desenvolvimento social, infraestrutura e em capital humano.

Conforme o prefeito, os investimentos públicos realizados nos últimos cinco anos têm como objetivo melhorar a qualidade de vida da população e atrair novos empreendimentos que vão gerar emprego e renda. “Para isso deixamos de ser cidade dormitório e ganhamos vida própria nos últimos anos e a cada dia deixamos para trás esse rótulo, com aumento de indústrias e vagas de emprego”, relatou Maguito.

Aparecida vem sendo dotada de infraestrutura necessária para a atração de investimentos. São obras nas áreas de infraestrutura, saúde e educação. Já foram 90 bairros asfaltados, cerca de 5 milhões de metros quadrados de pavimentação em 5 anos. 24 Unidades de Saúde estão sendo construídas para melhor atender a população e estão em construção 43 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei).

Expansão industrial 

Aparecida sedia o maior parque industrial da Região Metropolitana de Goiânia. Atualmente, o município abriga cinco polos industriais – Dimag, Daiag, Polo Empresarial Goiás, Parque Industrial vice-presidente José Alencar e Polo de Reciclagem – e um condomínio horizontal de empresas chamado Cidade Empresarial, que fica na Avenida Rio Verde, na divisa com a capital de Goiás.

O número de indústrias cresceu 258% em cinco anos, conforme dados da Secretaria da Fazenda de Aparecida. Em 2008, eram apenas 590 indústrias, agora, até fevereiro deste ano, o parque industrial da segunda maior cidade de Goiás contabilizou 2.012 indústrias.
Em relação a quantidade de empresas, os números são ainda mais significativos. Há cinco anos, Aparecida contava apenas com 5.870 empresas ativas. Atualmente, são 17.052 empresas que movimentam a economia local. “A administração do prefeito Maguito Vilela dinamizou o crescimento da cidade. São quase 20 mil empresas e indústrias que geram emprego no município”, sublinhou o secretário da Indústria e Comércio, Marcos Alberto de Campos.

Fonte: Portal 730