3 de março de 2014

Verba para corredores preferenciais depende de decisão política


Depois de dois cancelamentos, a Prefeitura de Goiânia ainda aguarda a liberação de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade, do governo federal, para iniciar o processo de construção de novos corredores preferenciais.

O evento de entrega da verba estava marcado inicialmente para o dia 13 de fevereiro, em Brasília, mas foi remarcado para o dia 19, quando também foi cancelado de última hora. “Vamos retomar as conversas com o Ministério do Planejamento depois do carnaval, mas só precisamos da decisão política da presidente de liberar o dinheiro”, resumiu o coordenador dos Corredores Preferenciais da CMTC.

A Prefeitura aguarda R$ 145 milhões para execução dos corredores nas avenidas T-7, T-9, 85, 24 de Outubro, Independência e T-63. O primeiro a ser construído será na T-7 e ainda serão enviados R$ 8 milhões para a elaboração dos projetos de mais 13 corredores.

Fonte: Jornal O Hoje