29 de março de 2014

Rincón garante entrega do Autódromo dia 1º de Junho


Presidente da Agetop também anuncia que a praça esportiva receberá etapa da Stock Car nesta mesma data, dando início a série de eventos esportivos que vão reinserir a pista de Goiânia no calendário automobilístico brasileiro; com investimentos de R$ 50 milhões, reforma do Autódromo conta com reconstrução de toda a pista, demolição e construção de novos boxes e construção de parque multiuso com quadras esportivas, teatro de arena, pista de skate e lanchonete; anel externo será iluminado para a prática de ciclismo e outras atividades de lazer

A reinauguração do Autódromo Internacional de Goiânia está prevista para o dia 1º de junho deste ano. A afirmação é do presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón, que também anuncia que a praça esportiva receberá uma etapa da Stock Car nesta mesma data, dando início a uma série de eventos esportivos, reinserindo o Autódromo no calendário automobilístico brasileiro.

Com investimentos de aproximadamente R$ 50 milhões, o Autódromo está na fase final de uma ampla reforma. Segundo Rincón, a pista foi toda reconstruída. “O asfalto foi removido e colocamos um asfalto novo, dentro dos melhores padrões internacionais. Os boxes foram demolidos e construídos novos, que atendem a nova regulamentação da Federação Internacional Automobilismo”. Ele acrescenta que o Autódromo também contará com um parque multiuso, com quadras esportivas, teatro de arena, pista de skate e lanchonete. O anel externo da praça esportiva será iluminado para ciclistas praticar esporte ou mesmo como lazer.

Programação

Rincón informa que já há outros eventos programados. No dia 8 de junho terá a prova do Campeonato Brasileiro de Marcas e está sendo definido se no dia 15 ou 22 do mesmo mês será realizada uma prova do Campeonato Brasileiro do Motociclismo. No dia 20 de julho acontecerá uma etapa da Fórmula Truck e acrescenta que “estamos em negociação avançada para a Prova do Milhão, da Stock Car. É tradicionalmente feita em Interlagos e estamos conseguindo trazer para Goiânia em função da modernidade e da comodidade do novo Autódromo, mas principalmente pelo fato de o goiano ser um aficionado pelo automobilismo”, conclui.

Fonte: Goias 247 (Eduardo Ferreira)